terça-feira, 28 de junho de 2011

Valores



"Chega dessa cordialidade descortês", proclama Mafalda




Como base em leituras, vídeos, experiências próprias e alguns blogs, como o de Yasmine Lemos, que me inspirou ontem, que coloco aqui, meu ponto de vista em relação aos novos valores.
As crianças por exemplo. Quais são esses valores que estou passando para meus filhos, como atual educadora deles?
Muitas vezes penso na educação em que estamos dando e a que poderíamos dar.
Ser educado nos dias atuais nem sempre é bom adjetivo, pois a grande maioria se dispõe a aprender apenas a não ter educação e assim se faz sofrer aqueles que estão aprendendo aquela educação mais antiga. Aquela em que pedíamos por favor, obrigada, de nada, entre outros.
Hoje quase não se usa isso.
Estou cansada de ser atropelada por jovens adolescentes e estes vão embora sem nem pedir desculpas. Quando falam já dizem assim: "tá cega tia?"
Acontece muito também, ficarem falando grosserias por que acham que a idiota aqui é abestalhada mesmo. E eu, acho sempre por bem ficar calada para não dar na mesma moeda.
Hoje está valendo mais a ignorância e a brutalidade.
Se sou do tipo que escuto e fico calada para não haver problemas maiores, sou tida como abestalhada, idiota, imbecil.
A minha educação está me fazendo ser ridícula e muitas vezes confundida com boba.
É quando me pergunto, será que está valendo a pena educar meus filhos para serem gentis, cordiais, francos?
Penso que eles possam ser futuros sofredores.
Quando falo assim, não estou falando de etiqueta, estou falando da educação no dia a dia.
É quando digo que hoje temos novos valores, que são a falta de gentileza, não pedir desculpas, entre outros desse tipo.
Alôôôôô, valores, voltem rapidamente pois está tudo um caos.
Melhor parar por aqui para não me ridicularizar mais ainda.


Xeros!





29 comentários:

  1. Ontem mesmo eu estava falando sobre isso com uma amiga. Como educar nossos filhos nesse mundo cão? Tudo vai contra os princípios que acredito e aprendi. A televisão então nem se fala, é cada mal exemplo! Sinto falta da cordialidade que aprendi a ter.Vejo os adolescentes sem muitos critérios, sem muito respeito e isso muito me preocupa! Mas vamos nós fazendo nossa parte!
    Bjs
    Dani

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Karla
    Bem aventurados os "ridículos"... como nós!!!
    Bjs de paz, amor e alegria.

    ResponderExcluir
  3. Karlinha, isso não tá certo não. Não tá certa essa moda do desrespeito, da falta de educação, da falta de cuidado com o outro. Eu tb não acho isso NADA certo. como vc disse, é diferente de etiqueta, é a verdadeira educação, aquela que respeita e interage de forma civilizada com o próximo.

    é isso ai! bjs e bom dia

    ResponderExcluir
  4. Perfeito Ana,hj me sinto uma babaca quando tento aconselhar,ensinar,eles caem na gargalhada,uma típica corrida de vaidade e de quem vailevar a melhor.E o pior: E o que a gente faz com os nossos filhos????
    beijão

    ResponderExcluir
  5. oI AMIGA
    Meus irmãos e eu fomos criados com uma boa educação, e assim educamos nossos filhos, nunca paassei vergonha com meus filhos, e pelo contrário são só motivo de alegria na nossa vida. Não pense em educar seus filhos de maneira diferente da sua, o mundo precisa de pessoas educadas, gentis, se se todos pensar assim como voce disse, o que vai ser das gerações futuras?
    bjs
    Tina (SONHAR E REALIZAR)

    ResponderExcluir
  6. Xerosa amiga,
    eu também muito me questionei sobre isto Primeiro quando tive pequenos meus três meninos. E como orientadora Educacional, convivi muito com adolescestes.
    E quanto aos filhos, minha filosofia era: que eles receriam a educação mais certa( q eu achava , claro) e, a cada problema surgido conversávamos sobre. Muitas vezes tive que ou falar-lhes que é melhor receber injúrias e go=rosserias do que ser o autor. noutras vezes , meu conselho foi: Se te der um tapa, manda outro. Não somos santos.
    E assim, com adolescentes sempre fui educada com eles e exigia respeito. Se saíssem do sério e saiam, ah... eita cunversê! ;)))
    Ms, amiga, é cruel mesmo. Mas hoje vejo , meus filho s homens, sendo educados e sabendo "agir" na hora certa.
    Sempre vale a pena continuarmos seguindo como nós somos!
    Beijinhos querida xerosa!

    ResponderExcluir
  7. Educar náo tem manual e sim bom senso de cada familia, o que falta hoje em dia é limite...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  8. Imagino o que um professor vê no seu dia a dia... Sabe Karla, eu acho que todo mundo tá meio perdido. Os pais perderam as rédeas. Os filhos estao soltos no mundo. A TV mostra coisas horríveis e mau caratismo e esperteza dao ibope e faz malandrinhos dentro de casa. Repassar a maconha ou algo pior, pro carinha legal e cheio de cordao de ouro ali da esquina, dá mais grana do que encher o cofrinho com a mesadinha da mamae. Os ídolos da criancada nao sao mais como antigamente, os de hj ganham baldes de dinheiro cantando qq merda, causando confusao porque fazem tudo embriagados... e isso tudo fica bonito.
    Ah nao sei, tenho mt receio dessa geracao, sabe?

    ResponderExcluir
  9. Só podemos concordar contigo!Tá faltando mesmo!!! Em todos os lugares e níveis...beijos,chica

    ResponderExcluir
  10. Ai, Karlinha, tá difícil mesmo criar filhos nos dias de hoje!
    Ontem, fazendo ginástica na academia, fiquei arrepidada com os vídeos musicais, cada um incentiva mais e mais besteiras para os jovens. E por aqui onde eu moro, assisto não só de jovens como também de adultos, uma total falta de educação, não sabem usar a palavra 'com licença' e preferem pedir 'desculpas' quando nos esbarram. Eu acho tudo isso horrível e ao mesmo tempo fico pensando como é complicado uma mãe educar assim como você e eu, e nossos filhos encontrarem pela frente, nos seus dia a dia, gente ignorante e mal educada.
    O importante mesmo é fazermos a nossa parte e alertá-los para o caminho errado.
    um grande beijo carioca

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana Karla,
    É verdade, os valores não existem mais, eu vivo a mesma situação sua mas, eu não desisto, simplesmente faço o meu dá melhor maneira possível, acredito que um dia tudo voltarar como era antes, porque, piorar é impossível.
    Carinhos,
    Gorete

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o desabafo. Valores estão cada vez mais "fora de moda". Só que sem eles como seremos daqui há alguns anos? Trogloditas egocêntricos? Não. Os valores devem ser valorizados e cumpre a nós como educadores, de nossos filhos ao menos, fazer com que eles sejam praticados, com certeza.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  13. Está tremendamente decepcionante ver os valores tão diferentes dos nossos que apenas bastava um olhar, para todos se recomporem. A hierarquia não existe mais. Hoje só se fala em respeitar o dolescente, a tal privacidade dele e uma infinidade de babaquices. Quem manda são os pais e eles tem que obedecer.Eles precisam e pedem para serem conduzidos. Ô tristeza! Bjbj!

    ResponderExcluir
  14. Gosto dos seus desabafos. Outro dia me surpreendi com pessoas que só se divertiam rindo DOS outros em vez de rir COM os outros. Isso também é falta de educação e valores trocados. Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Ei Ana Karla!
    Concordo completamente com você, e sou da tua turma, daquela que pode ser confundida com boba, tenho educado meus filhos da mesma forma, precisamos urgentemente de referências positivas e tenho certeza que elas começam em casa, com a educação familiar.Já pensou se todo mundo sair por aí gritando e pisando em todo mundo? Vai ser um Deus nos acuda. Acho que estamos fazendo a nossa parte contribuindo para que este mundo seja mais "humanizado"
    Parabéns pela postagem!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  16. Querida Ana...os tempos são difíceis mesmo, e acredito que a educação começa com o exemplo em casa. Que nem sempre existe, diga-se de passagem. Mas vamos tentando e insistindo por um mundo melhor para nosso filhos e netos.
    Bjk!

    ResponderExcluir
  17. Um dia desses tava pensando nisso.
    Ensino meu filho a não bater, a não empurrar os outros, a dizer por favor, obrigado, bom dia, etc...
    Mas será que vale a pena?
    É duro, é dificil, é minoria.
    Mas será a diferença né?
    Então vale a pena.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Querida também ando me sentido ridícula com minha educação, mas... sempre converso com educação e quando não falam assim comigo simplesmente ignoro ou reclamo.Já deixei mercadoria em loja por que vendedores(as) me trataram com falta de cortesia, simplesmente fui embora e uma única vez chamei o gerente e expliquei claramente por que não compraria mais na loja dele. A gente se sente a chata, mas cansei de falta de educação e gentileza.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  19. Falta de gentileza é o que mais encontramos. O jovem sai atropelando qualaquer um sem se importar. Eu considero que devemos manter o que acreditamos ser o melhor mesmo indo contra a corrente.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Acho que vc está no caminho certo. O outro lado é que está errado. Beijos. O blog ta lindo com esse novo visual...

    ResponderExcluir
  21. Falou tudo querida!
    Concordo com você totalmente, os valores estão se perdendo e sabe que eu acho que isso é culpa dos pais, que não estão passando adiante estes valores?
    Esses dias eu estava na fila de um mercado e tinha uns 6 adolescentes atrás de mim, nenhum maior de idade, todos falando palavrões e comprando bebidas. Um deles era maior de idade pelo que entendi, porque era ele que ia comprar, só que enquanto estavam ali ficavam mexendo com as pessoas, falando alto, e eu só pensando: "Onde estão os pais dessas crianças?". O mundo anda muito estranho viu... infelizmente. Gentileza e educação não são palavras que essa juventude conhece.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Bom dia,Karla!!

    Está faltando muito!!!Mas não podemos desistir de educar nossos filho,vamos torcer para que mais pais percebam a importância dos valores na formação dos filhos, e façam a diferença!
    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  23. Oi Xerosa. Acho importante se colocar, falar de seus valores sim. Falta de educação é coisa vigente hj em dia, mas ainda acho que devemos manter nossos valores, mesmo parecendo ridículos. Beijos,

    ResponderExcluir
  24. Ana, estaríamos vivendo, certamente, de maneira bem mais agradável e tranquila caso os valores por nós cultivados desde a infância, também fossem agora vividos pelas crianças e jovens. Não podemos generalizar, ainda restam esperanças, eu continuo fazendo a minha parte e ensino até hoje meu filho, um jovem de 22 anos, tudo o que é preciso para que ele também saiba educar bem seus futuros filhos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Boa noite, acredito em empatia e na lei do retorno, tudo que voce faz, voce recebe de volta, então, sejamos rediculas, mas nao devemos ceder aos maus educados, sejamos abestalhadas, mas vistas como exemplo para nossos filhos, e que se dane o resto, provavelmente nosso circulo de trabalho, amizades e familias, são ridiculos como nos, é o que importa, o resto é resto, e pronto! Bjin e me desculpa pelo desabafo...obrigada!

    ResponderExcluir
  26. Olá Karla.
    Pois é veja em que situação chegamos, em pleno século XXI, com tanta tecnologia e conhecimento o homem regrediu??? Pior vemos que é bem verdade que os valores mudaram e mudaram mesmo, só que pra nossa geração não agradou. Mas não podemos deixar de fazer nossa parte mesmo que passamos por ridículas. Que voltem os bons valores!!! Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Oi Ana

    Adorei seu blog! Te seguindo...

    Ótimo post! Os valores se encontram bem esquecido... Por ser criada em um família que preserva bem os valores, sinto imensa falta das cordialidades! Sendo Mãe, me preocupo muito com o rumo que vai tomando! Mas, vou fazendo minha parte como mãe e educar da melhor maneira, resganta os velhos hábitos de cordialidade!

    Beijos,
    Lorena Viana.
    http://vinculomamaeebebe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. A todos que comentaram nesse post agradeço desde já e logo retornarei. Estou voando por aqui. kkkk
    Xeros!!!

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, passando para te pedir um favor, pode ser? Então...voce pode me fazer um favor? Entre no meu http://meumodosuavedeescrever.blogspot.com, la voce clika num selinho "TROVADOR LIRICO", vais entrar no blog.OSTRA DA POESIA, tem uma porta marrom, que abre e fecha, entre nela e veras meu poema: O poeta...seus rabiscos...agora, va no final da pagina e envie uma mensagem votando no meu poema, pronto! Obrigada e sempre estarei a te visitar...BJIN em seu coração!

    ResponderExcluir