quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Desejos



Chegando ao fim de ano, essa época é para refletir e desejar coisas boas ao próximo.
E é com esse post, que encerro as atividades aqui na blogosfera esse ano, agradecendo e desejando a todos que por aqui passam muitas felicidades e prosperidades.



Que as luzes do Natal de 2012 te iluminem durante todo o ano de 2013.




FELIZ NATAL e PRÓSPERO ANO NOVO!


Imagens retiradas do Google

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

PIPA - RIO GRANDE DO NORTE

Eita lugarzinho bonito  essa tal de Pipa!
Já fui algumas vezes em Pipa, mas cada vez que chego lá parece que é a primeira vez.
Me surpreendo, me encanto com tanta beleza imensa que tem por lá.
E nesse último final de semana não foi diferente.
O que quero dizer é que quem está em dúvida pra onde viajar, vá pra Pipa que é linda demais.

Cacimbinha

A praia do Madeiro é maravilhosa e dá para os aprendizes surfistas surfarem com tranquilidade e com golfinhos. Isso mesmo, com golfinhos. É um show a parte.

Praia do Madeiro


Aulas de Surf no Madeiro



Na Praia do Amor é um outro visual, mais imenso ainda. Mar mais agitado para os profissionais do surf, mas tem umas piscininhas deliciosas.

Praia do Amor


Pipa


Praia do Amor vista da Pipa


Na Pipa centro é cheia de piscininhas e muita gentileza dos nativos.
E em Tibau do Sul tem um pôr do sol pra ficar na história.

Pôr do Sol - Tibau do Sul








Quer mais?
Somente ao vivo.
Eu não tenho palavras para expressar, nem máquina fotográfica para mostrar a energia e beleza que tem esse lugar.
Fica a dica.
Boa semana a todos que por aqui passam.
Xeros!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

E viva o Rei do Baião!

Há cem anos nascia em Exu esse grande artista chamado Luíz Gonzaga, o Rei do Baião.
Letras e músicas que conquistaram e continua conquistando a muitos.

Era dia de Santa Luzia, mês do Natal, nascimento de Jesus. Daí a explicação do nome escolhido para o caboclinho, Luiz Gonzaga do Nascimento, segundo filho do sanfoneiro Januário e da agricultora Santana. O padre que batizou o menino sugeriu chamá-lo de Luiz por ter nascido no dia de Santa Luzia; Gonzaga porque o nome completo de São Luiz era Luiz Gonzaga; e nascimento, porque dezembro é o mês do nascimento de Jesus.(Fonte: G1)
Leia a reportagem completa clicando aqui


Eternamente.




Minha homenagem a Luíz Gonzada pelo seu centenário.



Imagem desse post retirada daqui



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Educação

"Ensinar não é transferir conhecimentos, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção."

É isso mesmo, educar não é simplesmente aplicar tudo o que aprendeu em milhares de livros.
Ensinar precisa de humanismo, entendimento, conhecimento.
Conhecimento de cada um daquele que te ouve, que busca aprendizagem e crescimento.
Quando o educador e/ou professor quer, ele consegue avançar diariamente um degrau. Esse degrau que conta com carinho, atenção, sabedoria.
Crescemos diariamente com nossos alunos e se fizermos conscientemente por eles, esse conjunto é prazeroso e cheios de perspectivas positivas.
Devemos dar sempre o melhor de nós na obediência de dever cumprido com amor.

Imagem retirada do Google


Inspirada e emocionada com a reportagem do G1 Educação, indicado por Liliane Rocha e Beth Lilás.
Sinto orgulho da profissão quando vejo um quadro como esse.
Ao mesmo tempo uma indignação com pesquisa mostrando que o Brasil é o penúltimo no ranking de qualidade de educação entre 40 países.
Nós podemos melhorar, é só querer.
Vamos lá! 
Eu acredito.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Círculo Mágico


O Círculo Mágico é uma expressão inspirada nos rituais e costumes da era primitiva. Todas as atividades consideradas importantes para estes povos eram celebradas em formas de círculos, denominados “mágicos”.
Acreditavam estes povos que, através da energia emanada entre as pessoas componentes da roda (Círculo), os maus espíritos eram afastados e os bons ali permaneciam.
         A forma circular vem nos acompanhando ao longo da história nas rodas cantadas, na forma da lua cheia, do sol, da terra, da bola.
         E... Quando entramos no círculo, não estamos a disputar a liderança, estamos confiando nos amigos.
Afinal... Só damos as costas ao outro quando nele confiamos.

-       Neste círculo somos todos iguais;
-       Não há primeiro, não há último;
-       Estamos todos no mesmo plano;
-       Neste círculo enxergo você a minha direita, você a minha esquerda e você diante de mim;
-       Que permaneçam, neste círculo, a motivação, a cooperação, a disponibilidade, - ânimo, a comunicação efetiva, a flexibilidade, a alegria, o compromisso comigo e com o outro;
-       Expulsamos do círculo mágico: a desmotivação, a crítica maliciosa, a apatia, a inveja, a competição exacerbada, o autoritarismo e as forças negativas;
-       E... Neste círculo, simbolizamos nossa força, união enquanto grupo;
-       Mesmo quanto ele for desfeito, permanecerá a força...
...do CIRCULO MÁGICO.

Imagem retirada daqui

Ontem a aula de psicopedagogia clínica, iniciou com essa leitura e aprendizagem.
Tanto gostei que trouxe hoje.
Abraços!

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Revelando Papai Noel



Qual é o melhor momento para revelar as crianças que Papai Noel não existe?
Qual a melhor forma?

Sei que há muitas pessoas que acham tudo isso uma grande besteira e respeito.
Mas eu acho uma maravilha.

Um tempo encantado para essa criançada  que passa um ano inteiro esperando o grande momento em ver o Papai Noel, em ganhar o presentinho que aparece de repente na árvore de Natal, na cama.
Acho lindo demais.
Tenho um garotinho de 9 anos que até o dia de hoje acreditava nesse sonho.
Encaminhei a missão da revelação ao meu filho mais velho.
Ele começou a dizer que não existia e que ainda tinha a nota fiscal do presente do ano passado e que iria mostrar-lhe e blá, blá, blá.
Eu fiquei no meu quarto junto com meu marido esperando que ele chegasse para fazer as perguntas.
Aí confirmamos que o papai é o verdadeiro Papai Noel.
Buááááááá
Acabou tudo!
Lembro quando eu era criança e me foi revelado esse momento. 
Foi no momento em que eu ganhava a minha tão sonhada boneca Suzy.
Fiquei com raiva e comecei a gritar que era mentira, mas não lembro de mais nada desse dia.
Mas voltando o dia de hoje, meu filhote recebeu bem a novidade e já está fazendo planos para o novo presente de Natal.
Olhando pelo lado da magia do Natal, esse momento Papai Noel é sempre muito especial, mas nunca esqueço daqueles que passam anos e mais anos esperando pelo velho e bom velhinho e ele nunca chega. Nesse momento eu realmente gostaria que existisse de verdade para poder dar pelo menos um dia de alegria pra essas crianças que também esperam tanto.
Sei também que muitas pessoas do bem conseguem proporcionar um bom momento natalino para muitos.
Então, você que me lê, também pode fazer um Natal diferente para alguém e nessa época é muito importante. Lembrando que quem precisa, precisa o ano inteiro. 

Imagem desse post retirada daqui, que também tem um bom texto sobre o assunto.

domingo, 25 de novembro de 2012

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Dia do Músico

Parabéns a todos os músicos que aos meus ouvidos fazem navegar melodia cheias de alegrias, lembranças, saudades, animação e força.
Feliz todos os dias.



Em homenagem ao centenário do Rei do Baião

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Caminho 1



No caminhar dessa vida, 
busco o asfalto, porém passo por buracos, pedras, lama, poeira.
A chuva que cai molha, limpa, mas também destrói.
O sol quente que amolece a moleira no pensamento fervido.
É desgastante esse caminho, mas nele encontro o paraíso que somente eu sei ver. 
Pode ser meu, ou não.
Pode ser seu, ou não.
Quando quiseres pisa fortemente nessa terra buscando o significado da vida.
Quando quiseres, enxergas o viver da realidade abundante cotidianamente.
O significado é certo.
Vejo apenas o que quero, ou busco a fantasia da cara pintada escondida em céus azuis do oceano profundo.
Viajo em tuas asas a procura do conforto em minha mente.
Me conforto na desgraça que te comete, que te consome, mas não me arrisco a erguer meu braço.

Covardia.
Será?

Pensas assim:
Melhor falar com apenas uma boca do que ouvir com o par de ouvidos.
Vem, vem, vem. 
Vem pra tua realidade e tende o realismo diante o teu ser.
Apenas
Viva.

Imagem desse post retirada daqui

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Notícias



Minha ausência é necessária, por isso ficarei mais alguns dias me atualizando.
É com todo o carinho que tenho por esse espaço e por todos os amigos que fiz aqui que me sinto na obrigação, mas uma boa obrigação, de sempre dar notícias.
Assim desejo uma boa semana a todos que por aqui passam.
Xeros!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Despedidas de animais

Todo ser que sente e se comunica é para mim fonte de vida.
Os animais vivem por que representam algo de importante para o planeta. 
Penso em elefantes, leões, zebras, jacarés, tigres, águias, entre tantos outros.
Mas quando falo em comunicação, inteligência, me vem logo os gatos e cães, que muitas vezes nos dão grandes lições de humanismo.
Não é a toa que dizem que os cães são os melhores amigos do homem. E assim sendo por que não tratarmos bem? Começando pela higiene, alimentação e principalmente atenção, carinho, respeito.
Sim, isso mesmo.
Eles também sentem alegria, tristeza, dor, frio, calor, sede. Eles tem alma.
E se você é daqueles que não gosta de animais, pelo menos não maltrate essas criaturas que só querem chamar a nossa atenção.
Tudo bem, sei que existem aqueles que são agressivos, brabos, violentos, mas na maioria se temos um cãozinho em casa é por que queremos compartilhar com ele nosso cotidiano, nossa vida.
Aquele que sempre vai te ouvir na alegria e na tristeza e nunca vai te deixar na mão.
Os cachorros aprendem muito com seus donos e muitos até vivem como eles.
Não vamos exagerar, mas uma vez que adquiro um cachorro, tenho no mínimo, a obrigação de bons tratos para com ele.
Banho, tosa, vacinas, alimentação e outras coisas mais que não sei.


Esse é Dino, um cachorrinho lindo nessa época, querendo morder minha sandália, mas hoje em dia, já crescido, tornou-se agressivo por uma série de fatos, que não vem ao caso agora.



Está sofrendo, mas espero que a solução para ele seja a melhor possível.
Apesar desse cachorrinho não ser meu, eu sofro demais e como hoje me parece que é a despedida dele, eu não consigo parar de chorar.
Vão levá-lo e não quero nem tomar conhecimento, pois não estou me aguentando.
Vai na paz Dino! 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

BOOKCROSSING




BookCrossing Blogueiro, é mais uma edição promovido por Luma do Luz de Luma, yes party!
Vamos nos desprender de um livro e proporcionar a outras pessoas uma boa leitura, espalhando por aí muito mais cultura.

O que tem que fazer?

"Escolher um livro, colocar um bilhete dentro informando que aquele livro foi esquecido de propósito e que aquele que o achar, ao acabar de lê-lo pode fazer o mesmo: esquecê-lo novamente. E deixar o livro em algum lugar: banco de praça, ônibus, shopping, enfim vale a imaginação de cada um. O importante é esquecermos um livro cujo conteúdo possa interessar a uma outra pessoa, e, assim fazer com que o hábito da leitura seja levado a mais pessoas que muitas vezes não tem condição financeira de adquirir um livro." (Luz de Luma, yes party!)

Então vamos participar?

Eu já participei de outras edições e estarei nesse novamente com maior prazer. A sensação de esquecer um livro foi sem igual, acho que quem acha também tem essa sensação.
 ( clique aqui e aqui para ver os livros que esqueci).

Depois posto o livro que escolhi para "esquecer" nessa edição.

Abraços a todos que por aqui passam.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Autoestima

A magreza e a obsessão por dietas, regimes, ginásticas estão tomando conta da cabeça de todos, principalmente a feminina.
Quando se fala em autoestima se fala logo em emagrecer, corpo em ordem, barriga sarada. Roupa da moda, sapato de marca, cabelos impecáveis, unhas em dia.
Mas será mesmo que a sua autoestima se resume a apenas isso?
Uma boa família, um bom relacionamento com a família, amigos verdadeiros(embora sejam poucos), vida profissional prosperando, saúde, lazer, cultura e amor. Tudo isso é um excelente motivo para ter autoestima elevada. 
Fazer uma dieta, caminhar, eliminar as gordurinhas é para mim apenas uma etapa para a boa saúde. Lógico que vestir qualquer roupa e sentir-se bem, é maravilhoso. Mas dizer que é o portal da autoestima, eu não concordo.
A autoestima envolve uma combinação de conceitos sobre si mesmo. Como sou e como gostaria de ser e se sou, estou satisfeito?
Aí é que está, se para você ter autoestima se resume apenas no ato de emagrecer, tudo bem, mas para mim vai muito mais além do que apenas isso.
Estava bem acima do meu peso ideal, mas nem por isso minha autoestima ficou lá em baixo, pois tenho muitos bons motivos para que ela seja elevada.
Agora mais magra, estou curtindo e me sinto melhor, mas não é o significado da minha autoestima.
O que quero dizer é que todos deveriam olhar mais a fundo em relação a sua autoestima, pois, muitas vezes, temos muitos motivos para tê-la em cima e nos pegamos apenas na ditadura do corpo perfeito.



sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Final de semana

Semana mais curta, porém cheia de conclusões.
Agora em um novo final normal de semana, que as energias positivas entrem sem escassez e possamos retornar a mais uma semana prosperando com o que vem.
Pra quem vai a praia, aproveite o brilho do sol e a deliciosa água do mar. Pra quem vai para o campo, aproveite a beleza da natureza e o cheirinho gostoso do mato. E pra quem gosta da cidade, curtir um show, shopping, balada, etc, também aproveite. E quem vai simplesmente ficar em casa, que também é uma delícia, pode ler aquele livro encomendado a tanto, um filme, uma soneca.



Um ótimo final de semana de paz e muita luz a todos que por aqui passam.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Itaú Criança

Minha coleção chegou!
Isso mesmo, minha coleção de livros infantis do Itaú chegou.
Essa é a terceira vez que recebo gratuitamente os livros infantis do projeto "Leia para uma criança".
O bom disso é que você ler os livros e passa adiante para dar oportunidade a outros.
Dessa vez vieram essa belezuras aqui:


Dois livros de histórias, uma de um ratinho esfomeado e outro de um porquinho. E o terceiro é de poesia.

E se você também quer receber esses livros, acesse: Itaú Criança.

Como sempre, meus filhos adoraram e eu também.

Vamos ler gente, para uma, duas, três...crianças.



terça-feira, 16 de outubro de 2012

O poder do marketing

Recebi pelo e-mail, não sei qual a fonte:


Duas crianças de oito anos conversam no jardim e o menino pergunta à menina:
- O que vais pedir no DIA DA CRIANÇA?

- Eu vou pedir uma Barby, e tu?
- Eu vou pedir um TAMPAX ou um OB! -   responde o menino
- TAMPAX?! OB?! que é isso ?!
 Nem imagino... mas na televisão dizem que com TAMPAX ou OB a gente pode ir à praia todos os dias, andar de bicicleta, andar a cavalo, dançar, ir ao clube, correr, fazer um montão de coisas, e o melhor... SEM QUE NINGUÉM PERCEBA!


kkkkkkkkkkk
Adorei!



segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Professor(a)

Imagem retirada do Google


Um dia fui aluna e tentei fazer o meu papel o melhor possível.
Passei por vários professores de todos os tipos e ainda passo.
Tenho professores inesquecíveis e alguns que faço questão de ir apagando da minha memória. Certamente não era um verdadeiro professor.
Hoje como professora educadora presto aqui a minha homenagem com todo carinho a todos os mestres dessa profissão que é uma arte. A arte de ensinar que precisa de atenção, carinho e amor.
Parabéns professores(as)!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Menos presentes, mais presença




Pais e mães estão ocupados demais. Trabalhamos o dia inteiro, temos muitos afazeres e ainda há outros fatores que roubam nosso tempo de convivência em família (o trânsito, por exemplo, é um problema em várias cidades brasileiras). Em muitas famílias, a renda do trabalho da mãe é parte essencial do orçamento familiar, o que obriga muitas mulheres a voltarem a trabalhar tendo um filho de 4 meses em casa. Como falar da importância da presença a uma família tão ocupada? E por que falar disso às vésperas do Dia das Crianças?

Quando estamos no olho do furacão da rotina diária, acabamos nos apegando a detalhes pouco importantes. Imagine a cena: seu filho vê sei lá quantas vezes a propaganda do novo trenzinho elétrico. Na peça publicitária que anuncia o brinquedo, está lá toda a família sentada em volta do trem armado no chão da sala. Isso não é à toa: os anunciantes se aproveitam dessa fragilidade familiar para usar seus produtos como solução para tal ausência. O efeito é imediato: “Mãe, pai, quero esse brinquedo!” Os pais, sobrecarregados, se desdobram para realizar o desejo do filho, afinal, se eles não podem estar presentes, podem ao menos realizar seus desejos. O trem é utilizado por algumas semanas antes de ser abandonado em um canto do quarto.

O que será que essa criança queria? O trem ou toda a família sentada no chão da sala? Segundo uma pesquisa do Datafolha encomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (e publicada na revista Época em maio deste ano), o menino provavelmente queria a segunda opção. A pesquisa, que ouviu crianças de 4 a 10 anos em 131 municípios brasileiros, descobriu que o que deixa nossos filhos felizes são coisas simples, como ficar com a família, brincar com os amigos, praticar esportes. Noventa e seis por cento das crianças ouvidas apontaram o dia do aniversário como um dos mais felizes. Seria por causa dos presentes? Não! É porque, nesse dia, recebem todas as atenções. Mas a indústria usa uma linguagem sutil que nos impele a pensar que, quanto mais caro e maior o presente, mais seremos felizes e faremos nossos filhos felizes.

“Certo”, pensa você que está lendo este texto. “Mas como fazer isso? Trabalho muito, há dias em que chego muito tarde e mal consigo ver as crianças. Como estar mais presente na vida de meus filhos? Como escapar dessa armadilha engendrada de maneira sofisticada pelos departamentos de marketing?”

Que tal dedicar os fins de semana a eles? A babá precisa mesmo ir ao parque com vocês no sábado de manhã? No dia das crianças é feriado, que tal um grande almoço em família, daqueles que seguem pela tarde, com todos os primos correndo pela casa? E nas férias, por que não escolher um destino que agrade a toda a famíla para que possam ir juntos? As crianças crescem, daqui a pouco terão suas próprias famílias, turmas de amigos… Será que você não vai sentir saudades dessa época, em que tudo o que elas queriam era fazer um castelo de areia com o pai e a mãe? Esteja atento aos “eu quero esse” do seu filho, ele pode estar apontando para o cenário da propaganda e não para o brinquedos!

Por que falar deste assunto no Dia das Crianças? Porque são em datas como esta que o comércio tenta nos pegar pelo pé. Afinal, quem não gosta de presentear aqueles que ama? E qual o problema de dar um presente para as crianças?

Não há problema nenhum em dar um presente para seu filho! Mas vamos pensar no papel do presente em um dia como esse? A criança não precisa do maior e mais caro brinquedo da loja (aquele que você vai pagar parcelado até o próximo dia das crianças) para ficar mais feliz. Assim como não precisa do maior ovo de páscoa ou ganhar montes de presentes no Natal… A criança precisa da família. Que você se sente no chão da sala e brinque com ela e o novo brinquedo. Ela precisa passear no parque ao ar livre e aprender a fazer um castelo de areia. Mas isso não dá lucro a ninguém: só ao seu filho!

E aí? Vamos fazer deste Dia das Crianças um dia inesquecível para toda a família?

(Fonte: Infância livre de consumismo)

Como disse lá no comentário, penso que os pais devem reparar esse erro de presentear para suprir suas ausências o quanto antes, pois logo nossas crianças estarão adultas e vai nos restar apenas o "eu poderia ter feito mais".
Atenção a suas crianças é o mínimo.
Costumo dizer pra quem ainda não é pai ou mãe e que pretendem ter um filho que só os tenham se forem realmente dar amor, carinho e atenção. É primordial.


segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Com esperança

Passada as eleições, uma nova semana começa cheia de expectativas e realizações.
Aqui em Recife, o resultado já era esperado e assim desejamos que o novo prefeito cumpra suas promessas da melhor forma.
Em Olinda, nada mudou, o prefeito foi reeleito. Dizem por aqui que "ruim com ele, pior sem ele".
Bom, eu já não acredito nas promessas, mas sempre tenho esperança. É assim que sei viver e conviver.

Então vou desejando a todos uma boa semana, pois essa será curta. Logo na sexta já é feriado e para quem é professor ou comerciário também terá a segunda feira.

E vamos que vamos meu Brasil verde de esperança.

Imagem retirada do Google

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Dia de Hoje


O dia de hoje é tão importante quanto os próximos dias que virão.
O hoje é agora, urge e é no agora que devemos viver, devemos ser.
Se já esperei tanto, não há mais por que esperar, pois hoje já chegou e já está vivendo.
O velho ditado diz: "não deixemos para amanhã, o que podemos fazer hoje". Não é perfeito?
Há quem pense que não, mas é no hoje que nos realizamos e vivemos.
O passado ficou pra trás, na lembrança, independente de como tenha sido. O futuro eu ainda não sei, mas posso torná-lo grande com o meu viver de hoje.
Então, vamos deixar as lamentações de lado e resolver todas as pendências, assim viveremos sempre bem.
Os problemas, eles existem, sempre vão existir, mas temos o hoje para resolvê-los. Não precisamos esperar o futuro. O futuro é a colheita.
"Um hábito não é uma necessidade"

"Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito." ( Machado de Assis)

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Polêmica: Capa de revista com Neymar crucificado

A CNBB, repudia a capa da revista Placar com Neymar crucificado. Assim sendo, publicou uma nota em que manifesta indignação.
A capa é da edição de outubro, na qual se tem uma montagem, com o rosto do atacante do Santos e da Seleção Brasileira.



(Fonte: G1)

A nota foi assinada pelo cardeal Dom Raymundo Damasceno, presidente da entidade e arcebispo da Arquidiocese de Aparecida, no Vale do Paraíba. Ele está em Brasília (veja a íntegra abaixo).

Em trecho de nota, o cardeal afirma que reconhece a liberdade de expressão como princípio democrático, mas questiona a falta de limites no exercício profissional no caso.

"A ridicularização da fé e o desdém pelo sentimento religioso do povo por meio do uso desrespeitoso da imagem da pessoa de Jesus Cristo sugerem a manipulação e instrumentalização de um recurso editorial com mera finalidade comercial", afirma a nota.
Ele afirmou ainda que a imagem constitui numa clara falta de respeito que ofende o que existe de mais sagrado pelos cristãos.

Explicação
A capa da edição deste mês da revista fala que Neymar vem sendo "crucificado" pelas acusações de que o atleta vem utilizando o recurso de simular faltas para tentar induzir a arbitragem a errar durante as partidas.

Em nota divulga no site da publicação, a revista pediu desculpas a quem se se sentiu ofendido pela imagem da capa e explicou que em nenhum momento foi intenção da revista ferir a religiosidade de ninguém.

"Vale esclarecer que a analogia da fotomontagem é com a crucificação como método de execução pública praticado antigamente. Quando a reportagem estava sendo produzida, surgiu a palavra “crucificação”, usada corriqueiramente hoje em dia, e daí veio a imagem da condenação e da crucificação", diz outro trecho da nota (veja a íntegra abaixo).
Veja íntegra da nota da CNBB:

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, manifesta profunda indignação diante da publicação de uma fotomontagem que compõe a capa de uma revista esportiva na qual se vê a imagem de Jesus Cristo crucificado com o rosto de um jogador de futebol.
Reconhecemos a liberdade de expressão como princípio fundamental do estado e da convivência democrática, entretanto, que há limites objetivos no seu exercício. A ridicularização da fé e o desdém pelo sentimento religioso do povo por meio do uso desrespeitoso da imagem da pessoa de Jesus Cristo sugerem a manipulação e instrumentalização de um recurso editorial com mera finalidade comercial.
A publicação demonstrou-se, no mínimo, insensível ao recente quadro mundial de deplorável violência causado por uso inadequado de figuras religiosas, prestando, assim, um grave desserviço à consolidação da convivência respeitosa entre grupos de diferentes crenças.
A fotomontagem usa de forma explícita a imagem de Jesus Cristo crucificado, mesmo que o diretor da publicação tenha se pronunciado negando esse fato tão evidente, e isso se constitui numa clara falta de respeito que ofende o que existe de mais sagrado pelos cristãos e atualiza, de maneira perigosa, o já conhecido recurso de atrair a atenção por meio da provocação.

Veja íntegra da nota da revista:

Em primeiro lugar, a Placar pede desculpas a quem se sentiu ofendido pela imagem de capa. Em nenhum momento foi intenção da revista ferir a religiosidade de ninguém. Respeitamos todas as crenças e defendemos a liberdade de praticá-las. Mas estamos falando exclusivamente de futebol. Vale esclarecer que a analogia da fotomontagem é com a crucificação como método de execução pública praticado antigamente. Como mostra a reportagem, Neymar vem sendo “apedrejado” publicamente com a pecha de “cai-cai”.
O maior jogador brasileiro, ícone da arte no esporte, virou, para muitos, o símbolo da dissimulação, da tentativa de burlar as regras do jogo. Ele cometeu e comete suas falhas, mas ficou com uma imagem de “criminoso esportivo”. Quando a reportagem estava sendo produzida, surgiu a palavra “crucificação”, usada corriqueiramente hoje em dia, e daí veio a imagem da condenação e da crucificação. Acreditamos que a leitura da reportagem será ainda mais esclarecedora.

E você, o que acha?


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Dar ou receber presentes

Imagem retirada do Google


Dar ou receber presentes é de suma importância para as duas partes, a que dá e a que recebe.
Eu gosto muito de receber um presente, seja ele qual for, mas me sinto melhor presenteando.
Em muitas escolas é permitido fazer rápidas festinhas de aniversário para comemorar a data com os coleguinhas, mas sempre observei que o aniversariante fica muito contente ao receber, mas percebi que é mais importante da parte de quem  presenteia. Por essas que sempre fiz questão que meus filhos  levassem um presente para os colegas, eles chegavam em casa satisfeitos com o ato. 
Não precisa ser um presente caro, mas algo que sirva para o colega e que ambos fiquem satisfeitos.

Dar presentes é, há muito tempo, um objeto de estudos a respeito do comportamento humano, sobre o qual se debruçaram psicólogos, antropólogos, economistas e especialistas em marketing. Eles descobriram que dar presentes é uma tarefa surpreendentemente complexa e importante na estrutura das relações humanas, ajudando a definir os relacionamentos e fortalecendo os laços com a família e os amigos. Os psicólogos dizem que  é quem presenteia, e não quem recebe, que usufrui os maiores benefícios vinculados a um presente.


Os homens e as mulheres

Jeanne Milliet, psicóloga na Sorbonne, especialista em consumo, diz que os homens pensam mais no preço e são mais práticos nos presentes que dão e recebem. As mulheres tendem a se preocupar mais com dar e receber presentes com significado emocional.(Fonte: Coletiva.net)

Em relação ao cérebro:


Se formos pensar logicamente ao dar um presente estamos subtraindo a nós mesmos de recursos que poderíamos utilizar em benefício próprio. Uma camiseta que damos para um amigo pode representar uma peça a menos no nosso próprio guarda-roupas, além de custar também tempo e esforço.
Mas o cérebro se beneficia ao dar um presente em mais de uma maneira. Um dos benefícios que nos faz bem é a expressão de alegria de quem recebe. Para nós aquele que ganha o presente fica mais belo ao demonstrar um sorriso.
É bom dar presentes também porque o sorriso da outra pessoa ativa o córtex orbito-frontal, logo na frente do cérebro, entre nossos olhos. Essa ativação transforma o prazer do outro em prazer próprio, principalmente se somos a causa dessa alegria.
Depois disso, ao vermos o sorriso na face daquele que recebeu o presente, também sorrimos. Neurônios-espelho no córtex pré-motor nos fazem imitar o outro.
Logo depois disso uma série de sensações advém de toda essa ação neurológica. Apenas o pensamento de fazer um bem à outra pessoa já aciona o sistema de recompensa do cérebro, também do córtex órbito-frontal.
Parece que presentear não é um ato tão altruísta assim, pois mesmo que indiretamente, nos beneficiamos do ato de fazer o bem. Mas na realidade esse é um mecanismo evolutivo que permite que nos estimulemos a fazer o bem ao nos sentiemos melhor.(Fonte: Hype Science)


Mesmo gostando muito de presentear, eu não posso fazer isso com muita frequência e sei também que há pessoas que dispensam apenas uma lembrancinha e só serve se for um presentão, caro.
Outra coisa que dispenso, são as trocas de final de ano. Acho que é nessa época que menos presenteio. Prefiro as datas de aniversário para dar presentes.

E você?

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Aniversário

Hoje o dia é especial.
Mais um aniversário do meu filhote que só me dá alegrias.
Está deixando de ser menino e se tornando um rapaz cheio de vida e perspectiva pela frente.
Lembro de vários momentos maravilhosos que passamos juntos e com nossa família e amigos.
As recordações são lindas e vão ficar no meu coração emocionado por toda a minha vida.
Já não consigo escrever sem chorar.
Vejo meu meninão deixando de vez as fraldas e partindo para o mundo. Esse mundo de meu Deus que vai cuidar dele.



Filho, desejo hoje e sempre toda a felicidade e prosperidades na sua caminhada. Que sejas sempre assim, honesto e do bem.
FELIZ ANIVERSÁRIO!

Com todo amor da sua mamãe.
Xerossssssss

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Dia da árvore


Da árvore do silêncio pende seu fruto, a paz.
(Arthur Schopenhauer)






Árvore do fruto
da sombra
da decoração
da beleza
da inspiração
da saudação
da saúde
da sustentação
da felicidade
da cura.



Não poderia deixar de  homenagear um dia tão especial como esse, o dia da árvore. Embora eu tenha a convicção que essas belezas são diárias, nada mais justo do que um dia exclusivo para elas.

Viva a ÁRVORE viva!






No dia 21 de setembro comemora-se o dia da árvore. Essa data foi escolhida em razão da chegada da primavera. Mas antes da escolha dessa data, acontecia no país, na última semana de março, a festa Anual das Árvores, instituída pelo presidente Castelo Branco, em 1965.

Mais adiante, a árvore ganhou um dia especial em virtude de sua importância para a vida humana e também com a chegada da primavera, onde ganham nova vida e abrem lindas flores que dão origem a novas árvores.

Com a chegada da primavera podemos ver as cidades mais alegres, pois essas se enchem de flores de todas as cores.

Muitos pensam que a árvore que simboliza o Brasil é o pau-brasil, em razão do nome, mas esse título cabe ao ipê-amarelo, uma das cores que representam o nosso país. O pau-brasil encontra-se em extinção, pois foi muito contrabandeado por ser uma madeira de cor avermelhada e de aparência nobre. Além dessa, o jacarandá, o mogno e o pinheiro também se encontram nas mesmas condições de extinção. (Fonte: Brasil Escola)






segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Brincar



Inspirada em um trabalho da minha amiga Liliane, vou falar sobre a importância do brincar.
O que é para você, o brincar?
Por que brincar não é simplesmente largar a criança em qualquer lugar e dizer-lhe para brincar, mas é dá apoio e incentivo para se soltar e aprender.
É no brincar, que as crianças mais aprendem.
Existem muitas brincadeiras que incentivam o raciocínio, ajudando a criança buscar soluções e respostas nos jogos e brincadeiras.
É no brincar que as crianças buscam experiências novas.
Na educação, brincar faz parte do processo de aprendizagem, da formação do ser, sem falar que é essencial para a saúde mental e física da criança.
Com essa "nova forma" de viver, os adultos estão enchendo seus tempos com compromissos que não incluem o brincar.
É preciso incluir diariamente, nas atividades das crianças a brincadeira, o brincar.
Deixar que elas possam descobrir prazerosamente o valor da brincadeira, criar, fantasiar, imitar. Tudo isso faz parte para o crescimento sadio.

Esse é um assunto para muitas e muitas páginas, mas deixo aqui meu recado pra quem pensa que brincar é perda de tempo e ficam sufocando suas crianças com muitos compromissos.