segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Autoestima

A magreza e a obsessão por dietas, regimes, ginásticas estão tomando conta da cabeça de todos, principalmente a feminina.
Quando se fala em autoestima se fala logo em emagrecer, corpo em ordem, barriga sarada. Roupa da moda, sapato de marca, cabelos impecáveis, unhas em dia.
Mas será mesmo que a sua autoestima se resume a apenas isso?
Uma boa família, um bom relacionamento com a família, amigos verdadeiros(embora sejam poucos), vida profissional prosperando, saúde, lazer, cultura e amor. Tudo isso é um excelente motivo para ter autoestima elevada. 
Fazer uma dieta, caminhar, eliminar as gordurinhas é para mim apenas uma etapa para a boa saúde. Lógico que vestir qualquer roupa e sentir-se bem, é maravilhoso. Mas dizer que é o portal da autoestima, eu não concordo.
A autoestima envolve uma combinação de conceitos sobre si mesmo. Como sou e como gostaria de ser e se sou, estou satisfeito?
Aí é que está, se para você ter autoestima se resume apenas no ato de emagrecer, tudo bem, mas para mim vai muito mais além do que apenas isso.
Estava bem acima do meu peso ideal, mas nem por isso minha autoestima ficou lá em baixo, pois tenho muitos bons motivos para que ela seja elevada.
Agora mais magra, estou curtindo e me sinto melhor, mas não é o significado da minha autoestima.
O que quero dizer é que todos deveriam olhar mais a fundo em relação a sua autoestima, pois, muitas vezes, temos muitos motivos para tê-la em cima e nos pegamos apenas na ditadura do corpo perfeito.



42 comentários:

  1. Concordo em gênero, número e grau.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  2. Ana Karla, muito boa essa sua postagem e muito bem colocadas essas palavras:"nos pegamos apenas na ditadura do corpo perfeito."
    Hoje existe uma divisão de leitura nas paradas de sucesso dos livros. Você vê em revistas e jornais a separação: Ficção, Não-ficção e Autoajuda/Esoterismo.
    A autoajuda foi "inventada" para dar "suporte" à auto-estima.
    Como há um envolvimento financeiro em tudo isso, passaram a dramatizar detalhes de nosso corpo, nossa mente, nossos costumes...
    Hoje eu já não posso saber o que é melhor para mim sem consultar algum manual. Se o fizer, corro o risco de ficar com a auto-estima baixa, rs...rs.
    Enfim agradeço a Deus por ter vivido um pouco numa época em que uma "boa pedrada num cacho de marimbondos" curava qualquer problema de auto-estima.
    Xeros
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou tempo Manoel, "uma boa pedrada num cacho de marimbondos".
      A maioria das pessoas que convivo, costumam consultar o manual. rs

      Excluir
  3. Oi Ana Karla,

    A gente sempre quer o que não tem, já reparou?
    Quando se é gordinha, se faz loucuras para emagrecer, o que muitas vezes nem dá resultado.
    Quando se é magra, tenta-se engordar um pouquinho, pra conquistar mais curvas.
    Se o cabelo é enrolado, queremos liso. Se é liso, queremos que fique com ondas ou cachos...
    E essa insatisfação toda nada mais é que a carência que sentimos de alguma coisa {carências que variam de pessoa para pessoa}.
    Distorcemos nossa imagem, porque nos deixamos influenciar por imagens photoshopadas de revistas que visam nada mais que o lucro de suas editoras (empresas).
    Revistas essas que mostram peles perfeitas, corpos perfeitos...perfeitos para padrões que alguém criou, mas que definitivamente não refletem a grande maioria da população.
    Não há nada errado em querer melhorar. Não há nada errado em perder aqueles quilinhos a mais. O que não dá é pra esperar perder esses quilinhos pra começar a viver, sair, se divertir.
    Temos que criar o hábito de nos amar. Olhar para o espelho e reconhecer nele quem somos, com nossas qualidades e imperfeições, mas que nos fazem únicas!

    Beijo querida,

    Deia
    http://umacasinhabranca.blogspot.com

    P.S. Acho que falei demais neh...rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já sim Deia.
      Ninguém nunca está satisfeito com o que já tem. Sempre queremos mais.
      Vamos nos amar ao máximo e viver feliz naturalmente.

      Excluir
  4. Adorei seu texto!!! Realmente, a ditadura do corpo perfeito é algo até destrutivo pois você nunca vai ficar satisfeita e muitas vezes vira uma obsessão!!
    Mantenho meu peso e faço exercícios físicos porque me sinto bem, mais animada e disposta!!! Adoroooo...

    Beijinhos Querida!!
    Tenha uma Linda semana!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito Ro, exercício pra se manter e viver com a saúde em dia.
      Obrigada querida.

      Excluir
  5. Lindo texto e foto e estás coberta de razão. Ela passa por tantas outras coisas...beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Olá Karla:)

    Já houve tempos em que tinha a minha auto-estima em baixo, não por ser gorda porque sempre fui magra mas por ser baixinha. Hoje em dia gosto de mim assim e acho que cada dia estou melhor. Talvez seja da idade ou então passei a dar valor ao que realmente importa:)

    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que a idade ajuda também a mostrar que a realidade é outra e que possamos ser felizes do jeitinho que somos.
      Baixinha amada!

      Excluir
  7. Seu texto é perfeito. Auto estima, creio, é gostar de si, buscando elementos para ser feliz e ver as outras pessoas felizes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se estamos bem, seja lá como for, todos ao nosso redor também estarão bem.
      Obrigada amigo.

      Excluir
  8. O lado quente da vida é este estar bem consigo.
    Nada de ditadura Ana.
    Crescer mentalmente e ficar leve para voar.
    Linda semana a voce.
    Meu abraço de admiração com paz e luz.
    Bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se temos crescimento mental, com certeza esse é mais valorizado e assim seremos felizes.
      Obrigada meu querido amigo.

      Excluir
  9. Olá, Ana Karla!

    Eu concordo com você. Vemos hoje um verdadeiro culto ao corpo, que deve ser bem cuidado, é lógico, mas, vemos também que se descuida totalmente do interior, e por isso os consultórios dos psiquiatras estão cheios de gente sarada, magérrima, elegantíssimas, e piradas, rsrs

    Grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Socorro, os consultórios estão cheios de pessoas "saradas" fisicamente e cheias de problemas a ser resolvidos.
      Valeu!

      Excluir
  10. Oi Ana Karla!
    É uma verdadeira inversão de valores. Auto estima está muito além da aparência. É um perceber-se de dentro para fora e não o contrário. Bela postagem!
    E viva a beleza da sua nesta foto!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Valéria. E assim vou aprendendo cada dia mais a me respeitar assim como sou.

      Excluir
  11. Um texto belo e repleto de verdades.Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Estes dia li um artigo que falava do corpo ideal e tinha uma pergunta que achei muito legal. A pergunta era: você constrói seu corpo ou deixa que ele seja construído? Temos que pensar o que faz bem para gente ai sim a auto estima também é construida. Belo texto.abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pequi, se elevamos nosso corpo para o bem mental, esse nos fará bem, sem dúvidas.
      Obrigada

      Excluir
  13. Tenho visto tanta gente equivocada, bem vestida, magra e muitas vezes sem qualquer problema financeiro com baixíssima auto-estima. Para mim auto-estima está diretamente relacionado em estar satisfeito consigo mesmo, com a vida que leva e com o trabalho que tem.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Ju, autoestima está relacionado ao nosso bem estar.
      Valeu!

      Excluir
  14. Oi Ana karla, também preciso emagrecer, mas não me concentro como deveria, faço pilates, algumas caminhadas, em algumas horas do dia até como pouco, mas a barriguinha e os doces assim como a mania por chocolate seguem existindo.
    A força de vontade não é a mesma do ano passado, e o verão vem chegando.
    Beijos, Mauro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emagrecer pela saúde, não pelo culto pregado pela sociedade.
      Vamos em frente meu amigo.

      Excluir
  15. Oi Ana Karla
    Sua foto ficou ótima
    Adorei seu texto.
    É claro que eliminar alguns quilinhos que estão incomodando é muito bom, até porque faz bem à saúde.
    Mas daí fazer disto nossa bandeira,o passaporte pra levantar nosso astral, ficarmos reféns de moda e beleza não está com nada.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Célia!!!
      Nada de sermos reféns dessa paranoia que só faz mal pra nós mesmos.

      Excluir

  16. Olá filhota.
    Adorei a foto. Só quer ser, kkkkkkkkkk.
    Adorei seu texto, é isso mesmo. Estou muito contente por sua resolução de emagrecer um pouquinho.
    Beijo
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mamy, tinha que dar uma enxugadinha, pois já estava no manequim 44 e tomei um susto. Percebi que se continuasse desse jeito iria prejudicar a minha saúde que tanto zelo por ela.
      Nada de "taxas" altas. kkkkk

      Excluir
  17. Esse culto exagerado ao físico, geralmente, está atrelado à uma mente e um coração vazio.

    Parabéns pelo sábio texto Ana.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mente vazia não faz parte de uma pessoa que se cuida apenas pela saúde.
      Obrigada amiga

      Excluir
  18. Oi minha linda, o importante, além da pessoa se sentir bem com ela mesma, é ter saúde, e se a gente tem saúde, magra, no peso ideal ou até mesmo gordinha é o que importa. Como tudo na vida a autoestima tem que estar em equilíbrio, pois se ela estiver em baixa destrói todo o resto, e se ela estiver muito em alta provoca uma vaidade exacerbada que muitas vezes é até mesmo fachada para no fundo esconder a baixa estima... enfim... temos que buscar equilíbrio em tudo.
    Adorei a fotinho!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa She, é isso mesmo.
      As vezes as pessoas suam para ter o corpo perfeito e logo pensam que a autoestima está alta, apenas mascarando a realidade.
      Obrigada

      Excluir
  19. oLÁ
    AUTO CONCEITO É FUNDAMENTAL PARA O ALTA AUTO ESTIMA. o EXTERNO É UM CARTÃO DE VISITA, MAS NÃO BASTA. EU PRIMO PELA SAÚDE E DEPOIS VEM O RESTANTE.

    ResponderExcluir
  20. Karlinha

    Texto perfeito!!Concordo em tudo, autoestima tem nada a ver com a beleza perfeita que todo mundo quer nos incutir. Ela vem de dentro pra fora e não de fora pra dentro. Se bem que o conjunto de tudo isso,faz-nos sentir melhor.
    Amei sua foto e seu corte de cabelo..Uau!!

    bjos, lindona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sheylinha.
      Precisava dar uma renovada, mesmo tendo uma boa autoestima. he he he

      Excluir
  21. Aninha, confesso que já fui bem cismada com esse negócio de emagrecer, mas hoje estou mais calma com isso. Acredito que existem coisas mais importantes na vida do que ter o corpo sarado. Uma família feliz, como vc disse, é um exemplo. Claro que pratico exercícios físicos, tenho uma alimentação saudável, mas isso é mais por questão de saúde do que pela estética. bjos

    ResponderExcluir
  22. Tem muitas pessoas que se preocupam muito com isso...Eu não preocupada com meus pneus , câmaras e lonas....mas me preocupo com minha saúde hoje em dia...voltei para a academia e certamente minha autoestima levantou lá em cima...pois consigo vestir algumas roupichas que não usava antes...rsrsrs sem paranoia...simplesmente por uma vida saudável.
    Paz e bem

    ResponderExcluir