terça-feira, 20 de novembro de 2012

Caminho 1



No caminhar dessa vida, 
busco o asfalto, porém passo por buracos, pedras, lama, poeira.
A chuva que cai molha, limpa, mas também destrói.
O sol quente que amolece a moleira no pensamento fervido.
É desgastante esse caminho, mas nele encontro o paraíso que somente eu sei ver. 
Pode ser meu, ou não.
Pode ser seu, ou não.
Quando quiseres pisa fortemente nessa terra buscando o significado da vida.
Quando quiseres, enxergas o viver da realidade abundante cotidianamente.
O significado é certo.
Vejo apenas o que quero, ou busco a fantasia da cara pintada escondida em céus azuis do oceano profundo.
Viajo em tuas asas a procura do conforto em minha mente.
Me conforto na desgraça que te comete, que te consome, mas não me arrisco a erguer meu braço.

Covardia.
Será?

Pensas assim:
Melhor falar com apenas uma boca do que ouvir com o par de ouvidos.
Vem, vem, vem. 
Vem pra tua realidade e tende o realismo diante o teu ser.
Apenas
Viva.

Imagem desse post retirada daqui

39 comentários:

  1. Não sei se entendi, mas há uma mensagem forte aí, saída do seu coração, Ana.
    " É desgastante esse caminho, mas nele encontro o paraíso que somente eu sei ver.
    Pode ser meu, ou não.
    Pode ser seu, ou não.
    Quando quiseres pisa fortemente nessa terra buscando o significado da vida.
    Quando quiseres, enxergas o viver da realidade abundante cotidianamente.
    O significado é certo."
    Gostei.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como todo mundo, nós passamos por buracos, as vezes raso, as vezes fundo.
      Obrigada Lucia

      Excluir
  2. Ana Karla, contundente! Covardia... Vamos deixar disso e apenas viver. Simples assim!
    Xeros
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver é mesmo muito simples, não vamos complicar.
      Xeros

      Excluir
  3. Nossa gostei bastante do texto. Bela semana para você.abraço

    ResponderExcluir
  4. Uau, Ana Karla, voltou com tudo!
    Lindo e instigante texto, adorei!
    Vamos Viver com todo nosso ser.
    bjs cariocas


    ResponderExcluir
  5. Ué, comentei aqui, há uma horinhas. Cadê?

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, belo texto, belo escrito, parabéns.
    Então, tirei mesmo as palavras de verificação? kkkkkkkkkkkkk
    Beijos, e vê se agora vem pra ficar, novembro, dezembro, férias, sabes, não é? M

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sim Mauro.
      Entro de férias em Janeiro e aí vou dar uma boa relaxada geral.

      Excluir
  7. Maravilhoso texto, bela mensagem!! Que bom te ver de volta!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  8. Um belo caminho!!!!De quem é autoria?Bjs e parabéns pela postagem.O vírus do face tem me deixado em falta com os blogs...rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha autoria Zilda.
      Obrigada
      Esse blog as vezes prega peças

      Excluir
  9. Esqueci de dizer que a foto do perfil está linda!!Voltou de onde???Estava doente????Espero que tudo esteja bem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estava doente, não.
      Um tempo pois o a vida real estava me consumindo o tempo. he he he
      Está tudo ótimo

      Excluir
  10. Bom te ver de volta!...
    Um texto forte. Viver é buscar as próprias decisões, enxergando com os próprios olhos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana, que texto mais lindo de se ler!! Obrigada pela gentil visita em meu cantinho, seja sempre bem vinda!!

    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
  12. Assim que se faz amiga Ana,pise firme neste chão e vá por este caminho todo seu,todo luz,todo esperança.Maravilha de inspiração.
    Que bom ve-la e saber que vai bem na velocidade segura.
    Carinhoso abraço.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  13. Olá Ana Karla,
    Post lindo!!! Lindo poema!
    Obrigada pela visita e pelo carinho. Ando bastante sumida da blogosfera, além do problema de computador, viajei em agosto para São Paulo, voltei com minha neta a tiracolo, e, quando ela viajou, eu fui para Brasília, só retornando agora dia 07/11. Ainda estou "azoada"tentando colocar a casa em ordem e o blog também.
    Fiquei triste, soube do segundo pic-nic das blogueiras daqui, novamente eu em Brasília...

    Espero que tenhas resolvido tudo que precisavas e vamos juntas retornando!!
    Muita paz!
    Xerocas carinhosas.
    Go

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu descomplico a vida. he he he
      Também não fui no Pic Nic.
      Vamos nessa Go!

      Excluir
  14. Querida Ana Karla!
    Texto sábio e lindo demais!
    Vamos simplesmente viver...
    Abraços! Boa noite e um lindo amanhecer pra ti.

    ResponderExcluir
  15. OI,Ana Karla!Td bem?Pois é a vida é cheia de caminhos,estradas,buracos, a todo momento temos que decidir que caminho tomar, o que fazer,que caminho seguir.E lá vamos nós apesar das intempéries continuamos firmes e fortes na luta.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Ola minha amiga,deixei um convite para você no meu blog,mas fique bem a vontade para aceitar ou não.
    Meu terno abraço.Celina

    ResponderExcluir
  18. Lindo Texto Aninha,adorei!
    A vida é bem assim mesmo!
    Procuramos tanto,encontramos muitos empecilhos no caminho..
    mais sempre nos levantando.
    Obrigada pela visita flor!
    XerOo

    ResponderExcluir
  19. Para enfrentar os dias é preciso coragem, mas até que ponto a vida pode nos desafiar? Na vida não temos como retroagir, ela segue mesmo que sejamos contrários. Não há covardia em deixar que o outro enfrente os desafios sem nos moverermos, afinal, cada um deve passar por aquilo que lhe foi destinado. Mas é lógico que iremos socorrer se houver um pedido de ajuda. Beijuzinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaaaa amiga!
      A vida é cheia de altos e baixos senão não tem graça. kkkkk
      Xeros

      Excluir
  20. Belo texto amiga...as vezes as vida nos prega uma peça para nos testar e isso as vezes é bom pois na maioria das vezes saímos mais fortalecidos e reagimos ao "problema" de forma que jamais imaginávamos.

    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo Vânia, as vezes o problema nos fortalece e nos dá experiência.

      Excluir