quarta-feira, 28 de julho de 2010

Dom Gerardo Wanderley

Ele faleceu às 6h40 desta terça-feira (27), no próprio Mosteiro de São Bento, celebrando uma missa quando sofreu um infarto.

 

 Imagem retirada do Pe 360º


Uma missa de corpo presente às 8h de hoje marca a despedida dos fiéis e amigos de dom Gerardo Wanderley, 87 anos, prior do Mosteiro de São Bento, em Olinda. O velório começou no fim da tarde de ontem.Ao som de cantos gregorianos, fiéis e amigos do monge começaram a se despedir. O enterro será às 10h no claustro do mosteiro. Dom Gerardo sofreu um infarto na manhã de ontem, quando concelebrava a missa conventual, por volta das 6h30. Morreu durante o ofício, exercendo o sacerdócio. Dedicou mais de 60 anos à vida religiosa e dividiu suas atividades entre o Rio de Janeiro (onde estudou), e os mosteiros de Garanhuns e Olinda.

Dom Gerardo será sempre lembrado por ser um apreciador de cultura e das artes, principalmente a música. Ele liderava o grupo de monges que praticavam canto gregoriano no mosteiro, era um professor dedicado e acreditava que todos poderiam cantar, bastava afinação. Chegou a lançar três CDs e a fazer turnê na Europa. O monge também era uma homem das letras. Lançou, no ano passado, um livro de poesias e deixou outro "no forno" sobre orações. "Ele era um homem de fé e me ajudou muito na minha caminhada", disse dom Fernando Saburido, o arcebispo de Olinda e Recife. Ele esteve no mosteiro durante a tarde de ontem, um pouco antes do velório.



Dom Gerardo foi marcado na nossa família por ser amigo e por ter celebrado a missa de 15 anos de vida e o casamento da minha irmã Ana Paula.

Deus lhe dê o descanso eterno! 

22 comentários:

  1. Fiquei arrepiada ao ler a matéria. O Mosteiro é lindo , a história deles merece todo nosso respeito, com certeza ele (Dom) está em um lugar MUITO melhor do que esse nosso plano aqui.
    bj

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Ana!

    É triste quando perdemos pessoas ligadas assim diretamente aos movimentos de fé...
    O mundo está cada dia mais carente de acreditar!
    Que ele descanse em paz!
    Um beijo querida

    ResponderExcluir
  3. Acredito que tenha sido um grande homem de Deus! Uma morte confortadora na hora da missa. Certameten está juntinho do Pai.Bjs

    ResponderExcluir
  4. lamento muito a morte de dom gerardo,além de tudo uma pessoa muito amiga e respeitada por todos. iris secretária da draº flávia barkokebas.

    ResponderExcluir
  5. -É YASMINE, a história dele é riquíssima.

    -Descnsará MARI,,, isso é certo.

    -Foi sim GIOVANNA, um grande homem!

    -IRIS, odos lamentamos, em si tratando da pessoa respeitada

    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  6. Que Deus lhe dê a vida eterna...

    Foi amigo da família, jogou bola miotas vezes com jadir, foi muito próximo de Jurandir e a família toda o adimirava.
    Deve ter sido recebido com muita alegria lá no céu.
    Beijos , Luiza

    ResponderExcluir
  7. Essa hora ele está no colinho do Pai... que benção ir ao encontro do Pai durante uma celebração! Aqui na minha paróquia, no ano passado uma senhora comungou e voltou ao seu lugar. Se ajoelhou e caiu para o lado. A pessoa que estava ao lado dela foi acudir e ela já estava morta! Infarto fulminante! Imagina fazer a passagem assim tão tranquilamente... Temos mais um intercessor junto de Deus! Obrigada por sua visita e um beijo no seu coração! Tetê

    ResponderExcluir
  8. É sempre triste a morte de alguém, mas muito mais quando se trata de um AMIGO.
    Estou contigo, Ana Karla.
    .

    ResponderExcluir
  9. Morreu celebrando uma missa, sua vida.
    Que DEUS o abençoe, e dê a paz eterna, beijos, minha amiga, Mauro

    ResponderExcluir
  10. Dom Dom, como era chamado carinhosamente pelos mais intimos, é uma figura marcante em nossas vidas! Que Deus o abençõe, e lhe dê o descanço dos justos, pois foi um homem q na vida inteira dele, se dedicou a religião católica! cOM CERTEZA, FOI UMA GRANDE PERDA NA NOSSA HISTÓRIA!

    ResponderExcluir
  11. Querida Ana.
    Sinto muitissimo.Nao conhecia,mas pelo menos era uma pessoa ligada a comunidade Catolica e crente em Deus.Que Deus o receba em suas maos caridosas e ao lado do Nosso Amado Jesus.Grande beijo amiga,fique em paz.zenaide storino.

    ResponderExcluir
  12. Oi Aninha

    Lamento muito tua perda... Mas foi uma boa morte, celebrando a missa e em companhia dos seus fiéis.

    pense nisso para teu conforto.

    Meus sentimentos.

    Beijooo

    ResponderExcluir
  13. -É mesmo MÃE(LULÚ), deve ter sido incrível. Sei da importância dele pra nossa família, mas eu só o vi poucas vezes nas cerimônias.

    -Nossa TETÊ, só de imaginar me emociono. Eu que agradeço o seu carinho.

    -Obrigada RUI. Todo o povo que perdeu!

    -Obrigada MAURO!

    -Verdade ANNA, uma grande perda na nossa história.

    -ZENAIDE, ele era totalmente da Igreja Católica e por onde passou, marcou com sua simpatia, carisma e inteligência.

    -Conforto para todo o povo SIL. Agradeço em nome de todos.

    XEROS

    ResponderExcluir
  14. Dom Gerardo, meu amigo desde 1948, com quem viajei três vezes à Europa, levando-o, na última vez, em cadeira de rodas, era um homem extraordinário e, ao mesmo tempo, uma simplicidade de pessoa. Embora faça pouca diferença, em nome da verdade histórica, ele não morreu durante a missa conventual, mas quando se preparava, na cela, para a celebração. Nós, que somos seus amigos, acreditamos que ele vive junto de nós. Abraços, Nabor.

    ResponderExcluir
  15. Senhor Nabor, que satisfação em ter aqui uma pessoa tão ligada ao Dom Gerardo.
    Muito é importante, saber a forma verdadeira da morte, pois assim como eu, muitos só tiveram acesso da notícia, pela mídia.
    Então lhe sou grata por uma informação tão preciosa e real.
    Espero conhecer mais do senhor.
    Muito agardecida.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Marcelo Gomes de Barros5 de agosto de 2010 20:17

    Oi Ana Karla, paz!
    Vi a notícia da morte de Dom Gerardo no Blog de Marcelo Barros. Eu fiu beneditino naquele mosteiro e aprendi muito com Dom Gerardo, principalmente o zelo pelo canto litúrgico. Fico triste, pois a Igreja do Nordest perde um homem inteligentíssimo. Dom Gerardo é com certeza um ícone para todos nós cristão de hoje em dia.

    Forte abraço, Marcelo. Santa Rita - PB.

    ResponderExcluir
  17. Um prazer ter aqui um beneditino que foi do Mosteiro e que aprendeu muito com Dom Gerardo.
    Ele estará sempre presente em nossos pensamentos.
    Obrigada pela visita.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Em 1985, por ocasião daquela que é a SEMANA MAIOR para os católicos, tive o mérito de conhecer Dom Gerardo Wanderley.
    A convite de Dom Policarpo Ribeiro, OSB, fui a Olinda e me hospedei no Mosteiro.
    Naquela ocasião, então, pude ouvir, pela primeira vez, a voz autorizada de Dom Gerardo, a nos falar sobre as coisas de Deus. Ele foi um dos conferencistas do RETIRO ali pregado. Um homem de Deus! Paz à sua alma!
    Obs.: No YOUTUBE, POSTEI ALGUNS VÍDEOS DO MOSTEIRO DE OLINDA, EM QUE APARECE DOM GERARDO WANDERLEY regendo o coro dos monges.
    Confiram, pois!
    OSMAR LUCENA FILHO
    PIQUET CARNEIRO - CEARÁ.

    ResponderExcluir
  19. Que pena! Dom Gerardo foi meu professor de filosofia na Faculdade de Formação de Professores de Garanhuns. Que saudade! Muitos anos sem vê-lo!!! Procurei-o e não consegui contato e hoje, pesquisando na internet, achei essa matéria. Meu coração dói!

    ResponderExcluir
  20. Grande Dom Gerardo, muitos a falar muito dele.

    ResponderExcluir
  21. Um mestre e um exemplo de amor a vida monástica.

    ResponderExcluir