quarta-feira, 27 de outubro de 2010

NETWORKING - por Max Gehringer



Imagem retirada do Google


Existem cinco estágios em uma carreira profissional de sucesso:
 O primeiro estágio é aquele em que o funcionário precisa usar crachá, porque quase ninguém na empresa sabe o nome dele.
 No segundo estágio, o funcionário começa a ficar conhecido dentro da empresa e seu sobrenome passa a ser o nome do departamento em que trabalha. Por exemplo, Heitor de Contas a Pagar..
 No terceiro estágio, o funcionário passa a ser conhecido fora da empresa e o nome da empresa se transforma em sobrenome: Heitor do Banco Tal.
 No quarto estágio, é acrescentado um título hierárquico ao nome dele: Heitor, Diretor do Banco Tal.
 Finalmente, no quinto estágio, vem a distinção definitiva. Pessoas que mal conhecem o Heitor passam a se referir a ele como 'o meu amigo Heitor,Diretor do Banco Tal'.
 Esse é o momento em que uma pessoa se torna, mesmo contra sua vontade, um 'amigo profissional'.
 Existem algumas diferenças entre um amigo que é amigo e um amigo profissional:
  • Amigos que são amigos, trocam sentimentos.
  • Amigos profissionais trocam cartões de visita.
  • Uma amizade dura para sempre.
  • Uma amizade profissional é uma relação de curto prazo e dura apenas enquanto um estiver sendo útil ao outro.
  • Amigos de verdade, perguntam se podem ajudar.
  • Amigos profissionais solicitam favores.
  • Amigos de verdade estão no coração.
  • Amigos profissionais estão numa planilha.
É bom ter uma penca de amigos profissionais. 
É isso que, hoje, chamamos Networking, um círculo de relacionamentos puramente profissional. 
Mas é bom não confundir uma coisa com a outra. 

Amigos profissionais são necessários. 
Amigos de verdade, indispensáveis..
.
Algum dia - e esse dia chega rápido... - os únicos amigos com quem poderemos contar serão aqueles poucos que fizemos, quando amizade era coisa de amadores, e não de profissionais.

Max Gehringer  é administrador de empresas e escritor, autor de diversos livros sobre carreiras e gestão empresarial.

12 comentários:

  1. Amiga, esse post é ótimo...sabe ja fui assim como nesse post, a Joana Campos da empresa tal....mas te confesso que sou bem feliz hoje, trabalhando em Home Oficce, e cudando dos meus filhotes, Incutindo neles a minha exência....entendeu?

    Agora quanro ao seu comentário no meu post de hoje, vc viu que quintal legal, eu tenho quintal em casa, e cultivo uma jaoticabeira, um mamoeiro..couve, alfaces, jiló para marido, cebolinha e salsinha....mas meu quintal não e bonito como esse, preciso mostrar esse pro marido pra ver se ele topa fazer bonito como aquele.


    Beijão querida!

    ResponderExcluir
  2. Que legal esse post!
    É verdade, nuitas vezes fazemos amigos profissionais! É fundamental para um bom trabalho.
    Bjs
    Dani

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana, vou indo, como dá e com dores, e muitas... o que estou fazendo aqui? Não sei viver sem o computador, mas os resultados não são os melhores para os meus braços, e você, como tem passado? Espero que bem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Conheço bem esta história Karla. Meu marido é o "fulano" de "tal empresa" para seus clientes.
    Mas sabe o que mais me irrita? Eu nunca fui a NILCE apenas.
    Quando solteira era a Nilce do meu pai ou da minha mãe. Depois do banco. Agora do marido.rsrsrs
    Queria ser só eu e vivo reclamando por isso.
    Muito bom o post.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu adoro ouvir o Max Gheringer pela CBN-Rio!
    Ele manda muito bem em seus textos e este então está demais.
    Vou até repassá-lo pro meu marido.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana
    Texto muito bom, interessante e verdadeiro.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. -Entendi sim JOANA,,, e faz muito bem! Espero que seu marido tope, pois fica tudo tão mimoso de ver.

    -Valeu DANI!

    -Estou bem MAURO,,, espero que que fiques bem.

    -Tem razão NILCE, eu também não sou mais a simples Ana Karla, de mim mesma...

    -Conheço muito pouco BETH. Que bom que gostou, né? Então vai levando(rs).

    - Valeu MARIA CÉLIA!

    XEROSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!

    Desculpe minhas ausências...
    Mas espero agora recomeçar e para isso te convido para participar da comemoração de dois anos do meu blog!!! Apareça por lá e concorra a um livro!!!

    Enorme abraço.
    http://psicologico-al.blogspot.com/2010/10/ano-ii-blogagem-coletiva-e-convidadas_4669.html

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana!!

    Que texto maravilhoso!
    Perfeito e real...muito real!

    E vamo que vamo, no domingo vamos de 13,né?

    Beijos
    Lia

    ResponderExcluir
  10. OI,Karla!Td bem?eu como uma futura administradora sei bem da importância do networking,mas com certeza amigos verdadeiros são indispensáveis, sem eles não somos nada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Legal Ana!
    Beijosssssss e xerossssssssss

    ResponderExcluir
  12. Eu sou muito fã desse cara.
    Acho que já contei no blog que foi graças a uma reportagem com ele que eu e meu marido saímos do buraco financeiro e eu abandonei um emprego que me fazia muito infeliz.
    Beijos

    ResponderExcluir