domingo, 17 de outubro de 2010

Enurese







Enurese é a falta de controle da micção, normalmente até os 5 anos. Acontece normalmente a noite sendo chamada de Enurese noturna. Também pode ocorrer durante o dia.


A criança, normalmente deixa de fazer xixi na cama em torno dos três anos de idade, podendo se esperar sem problemas até os cinco. Depois dessa idade se faz necessário procurar uma ajuda especializada.


Fazer xixi na cama depois dos cinco anos pode ser constrangedor para a criança, sem falar que ela pode ouvir "gracinhas" da família e até mesmo algumas punições que podem agravar o quadro.


Acontecendo a Enurese  é constrangedor a criança passar um final de semana na casa de um colega, pois pode se tornar um tormento de passar por esse vexame, então normalmente ela mesma vai adiar o passeio e vai deixar de se socializar.
Até mesmo ir para a casa dos avós pode ser constrangedor.


Portanto a Enurese merece a atenção dos pais e familiares, que precisam compreender. 
Dos colegas isso é quase impossível.


Isso pode acontecer também pelo simples fato da criança não urinar antes de deitar-se. Nesse caso os pais podem ajudar, levando seu filho ao banheiro criando esse hábito. E também, como normalmente os responsáveis dormem mais tarde, levar o filho, mesmo dormindo, ao banheiro.
Muitos devem dizer que é trabalhoso, complicado, mas esse é um caminho que em pouco tempo será confortável as duas partes e o problema do xixi na cama está resolvido.


O xixi na cama pode se transformar em pavor, por uma figura autoritária(pai, mãe, avós, professoras, tios) ou também chamar a atenção dos pais para os problemas sofridos como bullying, ou uma depressão, ou um novo irmão ou exigências de notas, etc.


Existem tratamentos físicos e pisíquicos que ajudam a acabar com a Enurese.


Eu não sou especialista, mas pelas minha leituras e experiências como mãe posso falar e dizer que é um processo simples e rápido de se resolver, porém exige paciência, compreensão e amor.
Assim todos ficarão confortáveis.


Os meus dois filhos deixaram de fazer xixi muito cedo, mas nós(eu e o papai) levávamos ao banheiro todos os dias antes de dormir. Mesmo eles dormindo.


Nesse site aqui tem outras informações sobre Enurese e os tratamentos.
Se houver interesse pesquisem mais ou procurem orientação médica.




Bom domingo.

Xeros


22 comentários:

  1. ah sabe que a minha está com 6 anos, e faz tempo que não acontece, mas outro dia, ela tava dormindo e escapou um pouquinho, precisava ver o medo dela coitadinha...rs ela veio na porta do meu quarto e me chamou, o pai dela esta acordado e se prontificou a ajudar, mas como ele é muito duro com ela as vezes, ela disse que só poderia falar comigo, tadinha...rs
    Ai levantei e troquei ela explicando que não tinha o menor problema, que isso acontece, e que para evitar a gente tem que fazer xixi antes de ir dormir, e ai tudo ficou bem.
    Quando pequenos temos muito medo das coisas, o tamanho que isso vai ter na nossa vida, pode ser diminuído quando os pais conversam, apoiam e ensinam as crianças.
    Reclamar e dar uma dura não resolve nenhum tipo de problema, as crianças são muito inteligentes e merecem ser tratadas como tais, ensinam e amando a gente há de contruir pessoas mais felizes neste mundo. bjs querida, belo tema, belo post. bjão

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Karla, muito importante abordar esse assunto.
    Como vc disse tem meios de tratamento, mas um dos principais dentro do mundo terapeutico é criar segurança na criança.
    Crianças inseguras, onde os pais ou responsáveis são muito rígidos ou muito relapsos, a criança desenvolve esse tipo de disfunção como meio de chamar a atenção para algo que não vai bem com ela.
    Se todos soubessem a responsabilidade que acarretam ao educar uma criança para a vida...
    todos os bloqueios e traumas que essa criança adquire é responsabilidade dos pais e ela vai carregar isso pra vida toda!
    Muito boas as dicas que deu, beijos e ótimo domingo pra você!

    ResponderExcluir
  3. PASSANDO DEIXANDO MEU DESEJO DE UM DOMINGO EM PAZ E ALEGRIA! BEIJO

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Karlinha!!! Tudo bem?
    Adorei o post sobre enurese. No meu consultório é muito comum crianças de 6, 7 anos apresentarem enurese. Muitas vezes, os pais nem sabem que o xixi na cama se chama enurese noturna. Levam a criança para que eu possa atender, mas já depois de terem "castigado" bastante.
    Muitos pais fazem absurdos com as crianças, melhor nem citar!!
    Algumas causas da enurese que já acompanhei em meu consultório: pedofilia e a professora amarrava um hiperativo na cadeira na sala de aula!
    O bom mesmo seria que todos os pais que estivessem passando por esse problema em casa, procurassem o pediatra ou um psicólogo para realizar avaliação dessa criança.
    beijos
    www.psicologa.regina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. muito bom esse post. A enurese é um problema que atinge muitas crianças. E, na ânsia de se verem livres do problema, alguns pais podem traumatizar seus filhos de maneira bem pesada.
    Como vc citou, mtas vezes a enurese é fruto de algum trauma, medo, insegurança.

    bacana!

    bom dia!

    ResponderExcluir
  6. Tema extremamente importante que você traz para nós, Karlinha. E sobre a necessidade de investimento do pai e da mãe ou das pessoas diretamente responsáveis pela criança. Exige paciência, dedicação e muito carinho. Beijo!

    ResponderExcluir
  7. -Ô CRIS que gracinha sua filhinha. Sempre tem um lado que cede mais. Aqui em casa também sou eu. Tenho dois meninos e tudo o que eles querem é sempre comigo.

    -ISA as crianças precisam sempre de segurança em tudo que fazem, pois assim como os adultos elas também erram e com a segurança dos próprios erros ficam mais confiantes.

    -Valeu YASMINE. Bom domingo pra você também.

    -Tudo sim REGINA, tudo ótimo depois que fui sorteada(risos).
    Imagino o quanto de casos você deve receber em seu consultório, muito importante que os responsáveis tomem partido antes de tomarem qualquer atitude que marque a criança para sempre.

    -Isso mesmo ALEXANDRE, há pais que querem livrar-se dos problemas que todas as crianças tem e muitas veezes fazem errado e causar traumas. Obrigada querido!

    -SU eu tenho verdadeira paixão pelas crianças por isso que sempre tento acertar nessa direção. Mas como somos dignos de erros, também sou humana. Gostaria que as pessoas responsáveis por crianças procurassem sempre aprender a cuidar delas pois como disse a Isa, criar não é tão fácil, sem falar na responsabilidade dos erros e acertos.


    _______________________________________

    Achei esse tema interessante, pois eu tive enurese até os 11 anos de vida e foi feito um terrorismo comigo para que eu parasse de fazer xixi na cama.
    Meu vai sofreu um acidente de carro na estrada e capotou e tal, tal, tal. Fiquei na casa de amigos dele por que minha mãe foi cuidar dele e lá nessa casa, eu quase não dormia a noite por que as pessoas lá ficavam dizendo que se eu fizese xixi na cama iria dormir do lado de fora e pedir esmolas na calçada. Essas coisas.
    Então com medo que realmente acontecesse isso, quase não consegui dormir, pois ficava alerta para ir ao banheiro o tempo inteiro. Nessa época eu devia ter uns 6 anos.
    Daí quando voltei para casa, foi mesmo muito difícil de parar.
    Nas primeiras noites em que consegui não fazer xixi na cama fui achando aquilo uma vitória para mim mesma e fui parando.
    Mas até hoje carrego com muita mágoa ainda aqueles dias de terror na casa desses amigos do meus pais. Gostaria de apagar mas ainda não consegui.
    Acho que por essas coisas que eu trato e protejo tanto as crianças, além de gostar demais delas. Pois de todas essas coisas que acontecem eu sofri um pouco, como o bullying, por exemplo.

    ResponderExcluir
  8. Legal Ana, o assunto pede muita atenção.
    Beijossssss minha querida e um lindo domingo.

    ResponderExcluir
  9. Ana Karla,

    Que legal o tema de hoje, de grande utilidade para quem passa por isso, aqui em casa, filhote largou as fraldas muito cedo e em raríssimas exceções fez xixi na cama, ele levanta e faz em outros lugares, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Karla
    Ótima temática
    No consultório as famílias trazem este tipo de questão e, além do que já foi citado pelos outros amigos aqui presentes, algumas mães têm dificuldade de ver os filhos se desenvolverem, ou os pais estão em conflitos e a criança acabam sinalizando os problema com a enurese.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde Ana
    Adorei a matéria, e por incrivel que parece, na familia do meu esposo, temos um caso assim!
    A menina ja tem seus 8 anos, e a mãe que é a minha cunhada, para resolver esse problema da maneira mais facil e na minha visão comod, ela coloca fraudas na menina, e a garotinha que ja tem seus 8 anos não possuí vida social, e ja comentei com o meu esposo sobre o caso, mais pelo jeito ela continuara usando fraudas por bons longos anos, pois não stão nem um pouco interessados, em resolver esse probleminha que lendo sobre o assunto é mais simples do que aparenta...comento assim , pois tenho uma filhinha de 3 anos, e ela deixou as fraudas muito cedo, e graças a Deus ela não me deu problemas em relação a xixi na cama

    Quero tbm deixar o meu agradecimento pelo carinho deixado no meu cantinho
    Beijos Fraternos
    JUH

    ResponderExcluir
  12. Ana, passei pra conhecer teu espaço, andei passeando por aqui e achei tudo muito interessante. Belos e úteis textos, com abordagem clara e precisa. Parabéns e obrigada pela visita. Eu voltarei, bjs

    ResponderExcluir
  13. Ei Ana Karla
    Tema interessante e muito importante para os pais.
    Minha filha mais velha usou fraldas noturnas até 5 anos. Eu tentava tirar, colocava-a para ir ao banheiro antes de dormir, mais não resolvia, ela amanhecia toda molhada. Até que comecei a notar a fralda amanhecendo sequinha, esperei alguns dias, aí tirei em definitivo, nunca mais fez xixi na cama.
    Ela já ficava envergonhada até da própria irmã mais nova, que parou com dois anos e meio.
    Mais tudo aconteceu sem traumas, sem brigas e cobranças.
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Eu fiz xixi até tarde, até os meus 13, 14 anos e uma vez lembro de um acidente que aconteceu comigo, já com 15 anos, e numa festa de 15 anos de uma conhecida...

    Simplesmente já pertinho da valsa senti vontade de ir ao banheiro, mas sem querer perder a valsa, ainda bem que não dancei, resolvi não ir ao banheiro e prendi a vontade, mas quando foi no meio da valsa, eu simplesmente não consegui mais prender e sem chance de conseguir chegar ao banheiro, fiz xixi ali mesma, sentada na cadeira assistindo a valsa... affff!!!! E só percebi que estava fazendo porque senti algo escorrendo pelas minhas pernas, mas não tive aquela sensação de estar fazendo, parecia que eu já estava anestesiada...

    Que vergonha, já pensou? Lembro que entrei em pânico e na mesma hora, eu, meus pais e meu irmão fomos embora...

    E eu fui, com o meu pai na frente, eu logo atrás, minha mãe colada em mim, por trás, para ninguém ver a minha roupa molhada, e meu irmão com a cara assustada ao meu lado... kkkkkkk Hoje é engraçado, mas no dia eu queria morrer...

    Beijo, beijo Queridona!
    She

    ResponderExcluir
  15. Diz uma lenda chinesa que amizades verdadeiras são como árvores de raízes profundas: nenhuma tempestade consegue arrancar."
    DESEJO-TE UMA SEMANA ABENÇOADA
    BJS COM CARINHO

    ResponderExcluir
  16. Oiee!!
    Interessante vc abordar este assunto....não sou mãe ainda, mas é bom quando for já vou estar informada do assunto.
    Obg por compartilhar!
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Muto bom seu post Karla.
    Bem esclarecedor. a enurese é um problema sério mesmo e as crianças ficam com medo de que os amiguinhos descubram.
    Em casa éramos 4 e nenhum teve enurese. Já meu marido e meus dois meninos tiveram problemas até bem grandes. Mas eu nunca briguei, muito menos cobrei. Largaram por conta própria.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  18. Um tema muito importante esse e há os que são amedrontados e humilhados pelos pais por isso. Um horror!

    Tratamento existe e até mais carinho faz bem!beijos,chica

    ResponderExcluir
  19. -Valeu ROSANE, obrigada!

    -Que bom CINTIA, quando nossas crianças se liberam desse mito logo cedo.

    -É mesmo NORMA, as vezes a criança não tem nada, e devido aos problemas criados pelos próprios pais ela desenvolvem a enurese. Bem lembrado.

    -JULIANA, eu que agradeço pela sua visita, e quanto a sua sobrinha, infelizmente somente os pais ou responsáveis que podem ter a atitude de resolver da melhor maneira possível, no especialista talvez...

    -Eu que agradeço MILLA. Volte sim outras vezes vou gostar muito.

    -MARIA CÉLIA, que coisinha mais linda a filhinha ficar com vergonha da irmã...serviu de incentivo.(rs)

    -SHE que vergonha mesmo...imagino o mico que você passou. Como disse é engraçado agora, mas no dia...aff! Ainda bem que passou.

    -NATY e CARLOS feliz demais com essa visita. Obrigada.

    -É isso aí TERESOCA, vai aprofundando por que tudo isso é muito válido(rs).

    -Grande NILCE! Acho que temos uma didática parecida,,, cuidar sem cobrar demais e amor acima de tudo.

    XEROSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  20. Obrigada por esta informação importante, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  21. eu tenho 12 anos e ainda fasso muito complicado para mim

    ResponderExcluir
  22. Enurese, paciência que você vai deixar viu?
    Vamos descomplicar.
    Xerinhos!

    ResponderExcluir