domingo, 26 de fevereiro de 2012

Qualimagem

No último dia 24 de Fevereiro, fui na Qualimagem fazer minha primeira mamografia e lá mesmo a ultrassom das mamas e "endo".
Pois bem, me preparei para passar a manhã inteira por lá, pois como em qualquer outro laboratório, lá também é muito cheio.
Cheguei as 6h20, logo entrei e peguei uma senha para o atendimento. Percebi que eu era a 4ª a chegar e logo fui chamada para fazer a ficha. 
Maravilha!
Rapidinho, simpatia das atendentes, tudo certo.
Perto das 8h, as mulheres que iriam fazer a mamografia foram chamadas para uma outra recepção e lá começou a chamada por ordem de chegada para o tal exame do "terror".
Pelo que contei, fui a 5ª a ser chamada. 
Oi?
Eu não era uma das primeiras?
Sem dúvida, mas sabe como é que é, as fichas se misturaram, sei lá. Até que a primeira que deveria ser chamada reclamou e depois dela eu fui a 2ª.
E conversa vai, conversa vem, medo vai, medo vem e as pacientes impacientes.
Chegou minha vez.
Entrei e logo minhas mamas foram esmagadas, mas bem rápido. Diria que uma questão de 5 segundos.
Voltei para a recepção e logo a atendente me mandou voltar a primeira recepção para aguardar a chamada para a ultrassom.
E tome tempo.
Até que fui chamada.
Atenciosamente a recepcionista me encaminhou numa saleta, me deu uma bata e lá fui eu no banheiro me despir.
Voltei a saleta e lá fiquei com outras esperando o momento de ser chamada.
Até que chegou a minha vez, entrei no consultório e se eu não dou bom dia, ninguém falaria comigo. Nem a médica, nem a enfermeira, ajudante, sei lá.
Rapidamente me deitei e a médica começou a conversar com a atendente assuntos nada haver com o trabalho.
E eu lá deitada, feito um pacote sem valor para que fosse feito o trabalho da médica.
E tome papo entre a médica e a enfermeira.


Médica: "Mulher o padrinho da minha filha está com leucemia e o médico já desenganou ele"
Enfermeira:  Foi mesmo?
Médica: Foi. E o pior que ele é evangélico, vive na Igreja orando e a mãe dele é católica, dessas bem religiosas que tem um monte de santo dentro de casa, blá, blá, blá.
Enfermeira: É mas na Bíblia diz que não pode adorar a santos, nem imagens...
Médica: Ainda mais adorar um monte de barro...


E eu lá, como se não existisse.
Achei uma conversa antiética e sem noção. Pois não sabiam se eu tenho ou não uma religião. Um desrespeito comigo, paciente, fazendo uma prevenção pra saber se está tudo em ordem, aí vem falando também em câncer. 
Olha, vou te contar, é cada profissional que a gente se submete que me dá asco.
Finalmente terminou e pelo que percebi está tudo em ordem, mas terei que pegar o exame na outra semana.
Então as 10h45 saí do laboratório.
Até que foi rápido, não? (risos)
Tem que rir pra não chorar.


Moral da história: Trabalhe com profissionalismo e só fale o que lhe é conveniente. O mundo pode te ouvir.


Boa semana a todos!

45 comentários:

  1. INCRÍVEL O DESRESPEITO AOS PACIENTES, NUMA HORA JÁ TÃO DELICADA,NÃO? fICO P DA CARA COM ISSO! BEIJOS,CHICA

    ResponderExcluir
  2. Olha...eu reclamos mesmo.
    Logico..com educação.
    Reclamo, peço informações aos médicos e quando levo a minha
    mãe, peço até amostra gratis.
    Mas que bom que vc esta bem.
    Estes exames são fundamentais.

    Beijo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ma, eu não sei nem o que dizer numa hora dessas, mas você tem razão, eu deveria ter reclamado, aliás ter dado uma lição de moral. he he he

      Excluir
  3. Ana Karla, isso é revoltante mesmo. Deveriam conversar com o paciente até para colocá-lo mais a vontade. Infelizmente não estão nem aí. E olha que este tipo de trabalho, para ser bem feito, EXIGE que o profissional dialogue com o paciente.
    Acho que muitos médicos tem como vocação ganhar dinheiro. O resto é apenas detalhe.
    Beijos.
    Manoel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Manoel, a única pergunta que consegui entender nessa conversa toda, foi pela minha idade e mesmo assim ainda fiquei em dúvidas se foi para mim.

      Excluir
  4. Ei Ana Karla
    Tremendo descaso, falta de respeito e desumanidade com o ser humano.
    Gostaria de saber se elas fossem as pacientes se gostariam de receber este tratamento.
    Graças a Deus tudo está em ordem ocm sua saúde.
    Bjo e boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Célia, claro que não iriam gostar desse descaso com elas. O mais importante é que estou bem.
      Mas será que não seria importante repetir o exame em outro lugar, pois pensei muito se a médica estava atenta ou não

      Excluir
  5. Que coisa mais chata...Não respeitam quem está ali!!Ó mundo está cheio desses profissionais.
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  6. já aconteceu algo parecido comigo, porém foi com dentista
    e papao vai papo vem, vc não vai acreditar, elas estavam falando de uma amiga minha pode uma coisa dessa? Nem se preocupam em saber se o paciente conhece a pessoa da qual estão metendo a lenha. Affff horrível
    www.corteecostura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falando de uma amiga? Que vexame e falta de profissionalismo, hein!

      Excluir
  7. Muito ruim o que vc passou, eu felizmente faço meus exames num local muito bom desde a recepção até a entrega dos resultados.
    Profissionalismo é vital, principalemente quando se lida com ser humano.
    Obs.
    Tem convite lá no blog.
    Bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não tive a sorte de encontrar um local assim, 100%.
      Mas a recepção foi ótima, as atendentes também.

      Excluir
  8. Tem pessoas que falam na frente dos outros e parece que fingem que não tem outras pessoas escutando, isso realmente é revoltante.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá raiva mesmo Jes. Fiquei bem caladinha somente ouvindo a conversa de uma "profissional" em seu exercício.
      Pasmei!

      Excluir
  9. Muito ruim o que vc passou, eu felizmente faço meus exames num local muito bom, desde a recepção até a entrega dos resultados.
    Profissionalismo é vital, principalemente quando se lida com ser humano.
    Obs.
    Tem convite lá no blog.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  10. Tens razão minha querida!
    Falta de profissionalismo e respeito
    na hora em que mais precimos.

    Já estou em casa...Obrigada pelo carinho.
    Abraços! Uma semana abençoada pra ti.

    ResponderExcluir
  11. Sou fisioterapeuta, e durante a faculdade esse tipo de situãção me irritava muito. O problema é que ética e educação são valores aprendidos em casa e não na faculdade. Bj e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito Dani, educação e ética se aprende em casa.
      Valeu
      Xeros

      Excluir
  12. depois esses profissionais não sabem pq as coisas estão falindo né...é sempre assim.

    Minha mãe sempre fala de como é chato fazer esses exames. de homem tb não é fácil, né, tem q pegar médico de dedo fino hahaha
    bjos boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Profissionais" se acham demais e que podem tudo, até mesmo ignorar um paciente sem deficiência auditiva.
      kkkkkkkk
      Ainda bem que homem também sofre um pouquinho, não tanto quanto nós mulheres, mas sentem um medinho.
      kkkkkkkkkkk

      Excluir
  13. Nossa, Ana Karla, verdadeiro descaso, mesmo, para as pessoas, no caso, vc. Bem eu tenho uma convicção: a de que a justiça divina se faz e se fará. A lei do retorno existe para aquelas duas que trabalharam maquinalmente, né? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A essa altura do campeonato, só Deus para dar educação e ética a essas.
      Xeros

      Excluir
  14. A rede de saúde do Brasil sempre foi um caos, mas agora, esta tudo pior. E até onde é "pago", já não tem respeito! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digo muito isso aqui em casa Ives, a saúde paga está se igualando a pública e olha que a pública tem crescido positivamente.

      Excluir
  15. É triste isso!!!!
    Mas é a realidade, principalmente qdo se trata de SUS ou algo do governo, que eles pensam que pra nós é de "graça". Se esquecem que pagamos impostos. E pensam que somos um pacote mesmo, ali, esperando a boa vontade de funcionários públicos mal humorados, mas que na recepção está escrito em letras garrafais "ofender funcionário público é crime".
    Eita Brasil!!!!

    Ótima semana pra vc!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Menina, é um absurdo neh? Eu tbm fico p. da vida toda vez que vou ao médico... é cada coisa que vejo! Sempre sou mal atendida...

    Sem querer generalizar, mas no curso de medicina deve ter uma disciplina chamada do tipo "Como se tornar insensível", ou "Como ser indiferente ao bem estar dos outros seres"... sei lá!! Me revolto pq já passei por cada uma! Escreveria um livro grosso de tanta história! rsrs

    Bjus
    @OMundoDeCaliope

    ResponderExcluir
  17. Que lindo seu blog e o legal é saber que você também é do Recife. Já estou te seguindo. Te convido para conhecer meu espaço.

    Beijos e uma ótima semana.

    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir
  18. Olá filhota.

    Horrivel, mas não podemos evitar, porque precisamos do resultado dos nossos exame, pior é que não sabemos se o exame foi feito seriamente, né?
    Eu já deixei médico com os pedidos de exames para uma cirurgia, com as requisições na mão, estirada em minha direção. É que êle nem se quer me fez nenhuma pergunta sobre o procedimento que faria em mim , nem se quer me tocou.
    Beijos
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  19. Se existir reencarnação na próxima vida quero vir uma cadela de madame.
    Que horror, aqui também tem de ruma desta "qualidade" e tudo na pose
    beijão Ana

    ResponderExcluir
  20. Infelizmente as pessoas se formam e não possuem a mínima vocação para a medicina e ainda, não tem o menor respeito pelo paciente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Vivemos diante de uma certa indiferença que faz-se totalmente incompatível com nossa sensibilidade e com o que citou, muito bem citado, que é o princípio da educação e respeito ao próximo. Isso pra não dizer da mais completa ignorância de pessoas que se rendem a discursos de pastores oportunistas e despreparados que pregam o cristianismo do preconceito e da distorção do que em verdade significa a palavra adorar. Mas, o bom é que você está bem.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  22. Oi Ana Karla, uma falta de respeito para contigo, um descaso para com o paciente, tinhas que reclamar, mas também não sei se vale a pena.
    Eu fui fazer um exame há muito tempo, anos atrás, e aconteceu mais ou menos isto, e falavam de um resultado ruim comigo na sala, como se fosse o meu.
    Acho uma falta de consideração, mas não era eu, para minha sorte.
    Beijos, Mauro

    ResponderExcluir
  23. Parabens Ana pelos cuidados.Mas que chato duas malas desta em conversa.Elas esquecem que hoje tudo pode ser gravado e denunciado.
    Mas tudo vai estar bem com seus exames,Deus é presença.
    Uma bela semana a voce com paz e alegria.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  24. Pensar que tudo é tão simples, somente uma questão de bom senso, mas parece que nem isso alguns profissionais têm.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Ana, imagine se a primeira cadeira do curso dos saúde não fosse ÉTICA e BIOÉTICA, pense ai!!!
    Acho térrivel!!!
    Xeros pra ti minha linda.
    e post maravilhoso.

    ResponderExcluir
  26. Muito pertinente a sua observação Ana, é cada vez mais frequente esse tipo de atendimento nas clinicas de Recife, não se tem o menor respeito pelo paciente.
    Querida, ainda não sei se vai dar para ir ao encontro de blogueiras, é que a creperia é no interior, e como voltei de férias estou um pouco acumulada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Um exame tão rápido... é pra se ter dúvida quanto ao resultado. Lamentável, amiga, esse descaso todo.
    Felizmente, faço meus exames num local muito profissional e passo por diversos atendentes, sempre muito cordiais.
    Tive um problema com troca de exame de laboratório em Recife. Lamentavelmente, o material encaminhado foi extraviado e fiquei sem saber o motivo do meu aborto.
    Em todas as esferas, há muito que mudar!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Olá,Ana!

    Puxa...que coisa em?!!Pior é que é sempre assim mesmo(pior as vezes!!!).
    Adorei a moral da história!!!!rsrs

    Bem que poderia ter escrito com letras BEM grande nos hospitais, clinicas e similares,né?!!E que fosse regra!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  29. Esse exame já não é legal! Tão rude e nem parece que estamos no século XXI. Assim como o famijerado exame de próstata nos homens. Não sei o que é pior! Mas daí você vai fazer exame de rotina... e se não fosse de rotina? Se tivesse o grande Cê e ouvisse essa conversa? Ao invés de se sentir um pacote, se sentiria um pacote de lixo! Para onde foram os profissionais que amam as carreiras que escolheram? Eu fico indignada! Algo parecido com isso aconteceu com a minha mãe e ela sendo uma mulher idosa. Fico pensando, se pela manhã o atraso de atendimento foi grande, imagina como é no final do dia. Ou no final do dia, as coisas se acalmam? Um risco, porque no final do dia, os funcionários não estão em seu melhor humor.
    Melhor escolher outro local para fazer seus exames da próxima vez! Boa sorte! Beijus,

    ResponderExcluir
  30. Eu acho um absurdo isso, o pior que tem se tornado lugar comum... Afffff!
    Beijo, beijo querida!
    She

    PS: Espero que esteja tudo bem nos seus exames!

    ResponderExcluir
  31. De Fato o Comportamento dessas profissionais foi ridículo!!
    Sem Educação e muito menos ética profissional!!
    Tudo de bommm!!!

    ResponderExcluir