terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Jogos X Jogos





Sou do tempo em que só existiam jogos de tabuleiros, como Damas, Xadrez, Firo, Ludo, Gamão, aliás, Gamão eu jogo até hoje.
Sem deixar de fora o dominó, o bingo, cartas, quebra cabeça.
Passado o tempo muitos outros jogos foram aparecendo como Banco imobiliário, Perfil, War, Batalha Naval, entre muitos outros.
Lembro de quando jogava War, virava até uma noite inteira. Era bom demais.
Os jogos sempre tinham estratégias, sorte, elaboração e nossas cabeças tinham que funcionar.
Cresci jogando tudo isso e ainda hoje me divirto muito quando tenho oportunidade de jogar.
Meus filhos são da era internet, PS3, Wii e outros mais.
Eles até gostam de jogar os nossos jogos, mas a preferência mesmo são os eletrônicos que dominaram o mundo.
Porém sei bem que não dá para concorrer jogos de tabuleiro com jogos eletrônicos, mas se houver alguém, um adulto disposto a jogar com a criançada, é sucesso na certa.
É um bom incentivo e os jogos eletrônicos podem ficar um pouco em standby.



X


Todas as imagens desse post foram retiradas do Google

46 comentários:

  1. Odeio jogos eletrônicos.A meninada fica dormente em frente a TV ou pc.Temos o Banco Imobiliário ,Rubens gosta um pouco ,pois não tem total domínio ,principalmente quando tem que pagar o aluguel rsss. Tão bom os jogos antigos..
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Particularmente, eu até gosto dos eletrônicos Yasmine, mas com cuidado por que vicia.
      Jogamos bastante aqui o Monopoly, que eu chamo de a nova versão do Banco imobiliário. rs
      Bom demais.
      Xeros

      Excluir
  2. Os jogos eletrônicos podem até ser divertidos, mas nada melhor do que nossos jogos de antigamente... a interação, o contato, as conversas com outras pessoas era muito bom! Adoro banco imobiliário e o jogo da vida! Me divirto muito!
    bjo
    Ich, Hausfrau
    www.ich-hausfrau.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ich, gostei.
      Os jogos não eletrônicos nos fazem interagir com outras pessoas não virtuais.
      Muito bom.
      Xeros

      Excluir
  3. Nunca fui muito de jogos, apesar de na minha infância ter e casa grande movimentação em relação a isto. A vizinhança se divertia com o bingo. Também acompanhei as filhas em jogos mais simples, mas realmente não me atraem.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, bingo é bom demais Norma, mas conheço algumas pessoas que não se atraem por jogos.
      Xeros

      Excluir
  4. Eu gosto de jogos de tabuleiros como dama e xadrez mas meu jogo favorito é o dominó e sem comentários eu sou pessima nos jogos de internet.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jes, também gosto muito de dominó.
      Os eletrônicos eu arrisco alguns. rs
      Xeros

      Excluir
  5. Já joguei alguns jogos que você citou. Gosto de jogar Xadrez e ainda jogo. É possível jogar pela Internet.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elys, meus filhos é que jogam xadrez também pela internet, mas eu acho mesmo interessante é pegar nas peças. rs
      Sem falar que eu nem sei mexer bem as peças. kkkkkkkk
      Xeros

      Excluir
  6. Aninha
    Amo esses joguiinhos ai que você falou, nem sei quais são esses que a geração Y, joga tanto rsrsr
    Um grande e enorme bjo, viva o Carnaval!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Sheylinha, eu conheço um monte deles, mas o meu especial é o Guitar Hero.
      Sou craque! kkkkkkkkkkkkk
      Xeros

      Excluir
  7. Olá...que boas recordações me trouxe seu texto, e mais feliz ainda fiquei em ver que meus sobrinhos estão um pouco fora desse mundão virtual....sabe o que eles amam de paixão?!
    Jogar xadrez....isso mesmo, eles dão um coro em mim....adorei seu blog, vou voltar sempre...bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cucla, obrigada querida e seja muito bem vinda.
      Os meus jogam muito mais os eletrônicos, mas são fascinados pelos não eletrônicos também.
      Xeros

      Excluir
  8. Oi Ana Karla,

    adoro jogos de tabuleiro. Amo um bom serão entre amigos jogando pictionary. Porém, também sou amarrada em jogos eletronicos. Mas somente aqueles que estimulam a inteligência.

    Eu e meu marido somos fãs de jogos com enigmas para resolver. Tem até uns jogos que se compram na internet para a PS3 que são de imagens simples (planas) mas com uma dificuldade intelectual tremenda. Muito boa ginastica mental para o cérebro.

    Obrigada pela visita e por elogiar o artigo da Teia.
    Passa lá no dia 15 FEV. Teremos novidades escaldantes!
    Aniversário da BCFV.
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rute, gostei da dica para o PS3. Vou dar uma olhada. he he he
      Eu que agradeço a sua visita, viu?
      Xerosssssss

      Excluir
  9. Ana Karla, os jogos me fazem recordar dias de férias com chuva, ou seja, proibido brincar lá fora. Talvez por isso é que eu tenha optado por disputar campeonatos de voleibol.
    Beijo no coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum, jogador de voleibol, hein!
      Ótima opção Manoel.
      Xeros

      Excluir
  10. Oi Ana, foi bom te ver lá no Eterno novamente, achei que você tinha me esquecido ou enjoado de mim, rsrs.
    Quanto aos jogos, os de tabuleiro, você bem sabe, além de um divertimento eram um exercício de paciência, onde os jogadores precisavam pensar, usar o raciocínio. Hoje, os eletrônicos deixam os jovens mais ágeis com as mãos e a mente, mas são donos uma ansiedade perigosa.
    Particularmente, adoro xadrez, o difícil é achar com quem jogar, rsrs.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Néia querida, não diga isso.
      Não te esqueci de jeito nenhum, até por que estás no meu roll.
      Algumas vezes fui por lá apreciar seus textos e poesias e lembro uma dessas que sai tão encantada que só depois foi que percebi que não tinha comentado e passou...

      Quanto aos eletrônicos, penso assim também, eles deixam as crianças, adolescentes e adultos mais ágeis e com maior raciocínio.
      Se você morasse aqui teria dois jogadores pra jogar contigo: meus filhotes. kkkkkk
      Xeros

      Excluir
  11. Lucas adora jogo de tabuleiro.
    Eu tb gosto.
    Eles descobriu o Xbox tem pouco tempo. Gostou tb.
    Eu acho que os eletrônicos exercitam o corpo, a agilidade.
    Mas os de tabuleiro exercitam a mente.
    Um pouquinho de cada coisa e fica bom. hehehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha, acho que dá pra conciliar os dois muito bem sim.
      Xerosssssss

      Excluir
  12. Aninha amaaada!
    Deixo uma dica procê(s): RUMIKUB. Conhece? Bacana demais e jogamos muiiito aqui em casa.
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  13. Reginaaaaa!
    :)
    Conheço não, mas vou conhecer logo, logo.
    rs
    Valeu
    Xeros

    ResponderExcluir
  14. Somos seres de contatos e estes jogos nos deixam proximos.Nada como um jogo de buraco com cafe e bolachinhas pela noite.

    Boa postagem Ana.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  15. O resgate de antigos hábitos, como jogos e brincadeiras antigas aguçam a curiosidade e o desenvolvimento das crianças. Além de oxigenar um pouco, tirando-os do vício de jogos eletrônicos. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O melhor de tudo isso é que, as crianças gostam desses jogos não eletrônicos.

      Excluir
  16. Agradeço sua visita e carinhoso comentário
    Suas ecrita são dignas de aplausos
    Tenhas uma noite regada de muito amor
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  17. Oi amiga, bela postagem , sou amante de todos os jogos,apesar de não conhecer muitos, kkk. Os jogos de tabuleiro geralmente são jogos de estrátegias e se incentivados para a garotada acredito que vão gostar. Os jogos eletronicos fazem sucesso hoje por que esta geração é diferente, já nascem com a tecnologia perto delas. Adoro todos os jogos que você falou, tenho o xadrez no meu cel é ótimo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Pequi, essa garotada já nascem com um notebook no colo...rs
      Mas sabem reconhecer que um bom jogo de tabuleiro é animado.

      Xeros

      Excluir
  18. Karla, de vez em quando eu sinto vontade de ler, e acho que é por agora, pelo menos um dos livros deixados no post, quanto ao Pequeno Príncipe, eu nunca li, nem sei se iria gostar, adoro livros de romance, supense, familiar, tudo misturado, menos poesias, narrativas e outros, mas nunca li nem busquei na internet saber sobre este livro, digamos nunca tive interesse.
    Beijos, Mauro

    Cruel a conexão aqui, nada carrega, e o pior que ontem fui ao banco, PAGUEI e não consigo ver página nenhuma carregar normal.
    Segunda vou a cidade, e como não tenho fidelidade, o modem é meu, a continuar assim, saio de vez, porque não sou palhaço desta operadora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mauro, O Pequeno Príncipe é uma leitura leve e acho que você poderia gostar, mas...

      Espero que sua net fique normal, sem aperreios.

      Xeros

      Excluir
  19. Ana, muito legal você cultivar este divertimento com sua família, pois isso só faz agregar cada vez mais os filhos aos pais.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  20. concordo plenamente consigo Eu proprio se sei jogar damas domino cartas e xadres nao muito mas sei..bilhar devo a pessoas mais velhas e familiares meus e digo.lhe que adoro

    Vivemos e convivemos com jogos electronicos...alguns nem deviam de existir,,pois ta provado que nao sao beneficos o proprios estados deviam proibir jogos de violencia total pois eles levam a criar pessoas violentas...e ate a cometer crimes suicidios como os tais herois que eles por ali jogam

    vejamos aos problemas escolares um aluno que se dedique muito a jogos de computador de violencia ..normalmente tem mau aproveitamento.

    pronto um resto de dia feliz
    um abraco
    Rui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rui, também acho que alguns jogos eletrônicos não deveriam existir, mas fazer o que né?
      Por enquanto vou desviando o caminho dos eletrônicos ao máximo.

      Obrigada pela presença.

      Xeros

      Excluir
  21. Olá,Ana!!!

    É difícil concorrer com a tecnologia,mas...
    Os meus gostam de brincar com jogos de memória, quebra cabeça, etc...
    Tem horário para o video game, então tiveram preencher o resto do tempo!rsrs
    beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Que bom Vivian, jogos da memória foi muito querido por aqui.
    Temos também dias e horários, mas no final de semana é liberado.
    Muito bom esse método.
    Tudo de bom
    Xeros

    ResponderExcluir
  23. Hola amiga!

    Muito bom o seu texto. Pus-me a perguntar porque não gosto de jogar. Acho que preciso aprender a cultivar esta arte.

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitalina, é somente uma questão de gosto.
      Certamente fazes coisas de que muito gosta, né?
      Xeros

      Excluir
  24. Sou da geração que pegou as duas fases.

    Mas eu me pergunto, quando vejo essa geração que só conhecem a dinâmica dos jogos de tela e da interatividade da internet, se eles não estão sendo de alguma forma melhor preparados para o que o futuro lhes reserva.

    Pense nisto, o rumo que o mundo toma.

    Na época que éramos crianças, você alguma vez imaginou ter nas mãos um aparelho na palma da sua mão, que ao mesmo tempo é um comunicador sem fios e global, câmera de fotos e filmadora de alta resolução e sem películas, mensageiro instantâneo, correio, calculadora e todo tipo de ferramenta que você poderia precisar e usar no trabalho?

    Pois é... Usamos, sabemos. E eles mais ainda, e intuitivamente!

    Mas isto é apenas uma mostra do exemplo da dinâmica e velocidade do que temos na nossa realidade. Imagina daqui mais uns 40 anos, o que lhes reserva o futuro que presenciarão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André estou pensando e refletindo no seu comentário. Imaginar daqui a quarenta anos,,, enlouqueço...kkkkkkk
      Xeros

      Excluir
  25. Alo, Ana Karla do blog Misturacao. Por favor, onde voce foi arrumar um jogo de xadrez tao lindo ????? Sou colecionador e adoro xadrez. As peças e o tabuleiro lustroso sao uma obra de arte. Muito agradecido pela atencao.

    ResponderExcluir
  26. Anônimo, essa imagem desse belo xadrez capturei do Google, portanto não sei dizer.
    Sucesso e prosperidade na sua coleção.

    ResponderExcluir