quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Cadê meu chão?

Você tripudiou dos meus sentimentos e da minha sabedoria, como se qualquer história fosse o suficiente para enrolar uma criança com um simples doce.
Como uma história de conto de fadas, que atropela qualquer mal rapidamente e se esquece com a mesma velocidade, tornando o final de um ponto final e "felizes para sempre".
Subestimar o pensamento de quem luta, de quem faz acontecer, no mínimo não é inteligente.
Assim se passa mais um capítulo da vida, onde o filme é: "Quem sou eu"?
Será que eu sei?
Será que você sabe?
Vive-se intensamente, por anos a fio e não se pode afirmar que  tenho todo conhecimento.
Conheço cada ano, mês, semana, dia, hora, minuto. Mas cada momento por vez, pois cada um desses tem uma nova realidade.
(Por Ana Karla)

23 comentários:

  1. Muito profundo os sentimentos expressos nessas palavras.Pisar, só no chão e com cuidado!
    http://anabelanacasadavovo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Sinto que algo te agonia....fica bem querida!
    Bjs
    Dani

    ResponderExcluir
  3. vem a noite a lucidez e a calma são bons conselheiros
    fique em paz
    te adoro

    ResponderExcluir
  4. Desejo que o que quer que seja que o Espírito Santo te ilumine, te abençoe e te guarde. Que tudo se resolva mansamente em teu coração! Bjbjbj!!!

    ResponderExcluir
  5. -É isso aí ANABELA, somente no chão.

    -Estou bem DANI, não passa de uma reflexão. Obrigada pela preocupação.

    -Valeu YASMINE, está tudo ok!

    -MARIA LUIZA, está tudo bem, obrigada. Apenas analisando as pessoas ao meu redor. Aqui tudo resolvido. rs

    XEROS

    ResponderExcluir
  6. Uma nova realidade, uma nova vibração cheia de novos quereres. Um passo de cada vez.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  7. E, por mais que vivamos e reflitamos a respeito, jamais chegaremos a nos conhecer, completa e profundamente, minha querida.
    Obrigada pelo apoio nesses dias de dor por que passei. Bjks, Milla

    ResponderExcluir
  8. OI Ana Karla!

    Aqui pensamos em voz alta!rsss
    Nunca conhecemos ninguém completamente, cada dia pode-se ter uma surpresa e muitas vezes desagradável, infelizmente perdemos o chão nestas circunstâncias. Mas nada como um dia após o outro e uma boa noite de sono no meio.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. Está complicadíssimo mesmo, Ana. Cada dia que passa, a sensação de estar pisando em ovos nas relações afetivas e mesmo nas sociais é maior, mais intensa e mais angustiante.Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  10. Ana, suas palavras são um desabafo, isso é bom, alivia. Minha querida eu estava no telefone quando fui ler e aprovar seu comentário em meu blog,num segundo de distração cliquei no lugar errado e acabei por excluí-lo. Desculpe-me pela falha, foi totalmente sem intenção.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Boa noite, somos eternos aprendizes...bjin e fique com DEUS!

    ResponderExcluir
  12. Adorei Karla. É exatamente desse jeito que sinto. Um desabafo com cara de realidade. Estou de volta depois de um período de férias. Beijos e saudades.

    ResponderExcluir
  13. Dizem que tem dia que a noite se faz presente, encontrar o candeeiro é uma questão de arte,para trilhar por este caminho sinuoso sem se ferir.
    Uma pausa pra reflexão.
    Meu terno abraço de paz e luz.
    Bju.

    ResponderExcluir
  14. Ah, esqueci de dizer que a imagem é linda.Olinda?

    ResponderExcluir
  15. Aninha querida
    O ser humano que se questiona... vive mais intensamente...
    Saber de onde viemos... onde estamos e para onde vamos... isso é fundamental...
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  16. Minha querida!
    É incrível mas estamos vivendo um tempo de curtas memórias e grandes evoluções, em que o conhecimento torna-se obsoleto se não o buscarmos
    constantemento.
    Abraços e uma noite cheia de bençãos pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Olá Ana Karla
    Construímos nossa vida passo a passo, cada minuto é importante para o nosso conhecimento e crescimento.
    Bom fim de semana
    Bjux

    ResponderExcluir
  18. Bom dia,Ana Karla!!

    Me pergunto isso as vezes...mas por mais que vivermos ainda não teremos conhecido todo o nosso potencial...que coisa, né?!! mas parar e refletir sempre é bom, e acabamos por descobrir um pouco mais de nós!!

    **Nossa Ana, fiquei perplexa com o que me contou no seu comentário!!!é inacreditável que exista tanta ignorância...obviamente dita por quem não conhece nada de poesia, ou não entende...
    É tão triste isso né??
    Com o acesso a tanta informação como temos hoje em dia, ainda existam pessoas que vivem na ignorância...
    Beijos pra ti!!!!Lindo final de semana!!

    ResponderExcluir
  19. **Lindo seu banner novo!!É a vista da sua cidade??
    Lindo demais!!!

    ResponderExcluir
  20. -É GISA, de vagar e sempre.

    -MILLA, é uma satisfação estar com você sempre.

    -VALÉRIA, gostei da boa noite de sono.(rs). Vivemos a vida inteira e as vezes até nossos familiares fico estranhando.

    -Nem me fale CACÁ...

    -NÉIA, nem se preocupe, vou lá de novo com maior prazer, assim aproveito a brisa novamente. rs

    -Obrigada SIMONE.

    -MARIA JOSÉ, as vezes a poesia vai saindo dos sentimentos. Bom você de volta.

    -Maravilhoso TONINHO, obrigada.

    -Que bom ROSÉLIA, vou me questionar mais ainda. :)

    -IMAC é mesmo uma busca constante.

    -WANDERLEY, bem observado. Obrigada.

    -É isso VIVIAN, que fico buscando, o meu próprio conhecimento, junto com o próximo.:)
    (Pois é amiga, há ainda muitas pessoas que não tem a mínima noção do que seja uma poesia)
    (A vista do layout é sim da minha cidade, aliás, das minhas cidades. Do lado de cá estou em Olinda, avistando o Recife,,, é muito bonito.)

    XEROSSSS

    ResponderExcluir
  21. Karla, vc tem feito uns posts fortes, de ótimo conteúdo e reflexão.
    conhecimento é algo que acumulamos ao contrário, qto mais temos, mais temos conhecimento de que nada conhecemos rs.

    inclusive no amor, nas relações sociais, o ser humano...

    boa sexta!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Ana!

    Uma profunda e filosófica reflexão. Sempre que nos deparamos com situações inusitadas, que nos ameaçam subestimar, ferindo nossa essência, temos a tendência de nos questionar, e de nos reposicionar, em relação a questão. Adorei.

    Beijos e bfs
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  23. -Obrigada ALE.
    Esses conhecimentos são os que nos propõe sabedoria e visão para cada vez mais entender o próximo.

    -Obrigada SOCORRRO.
    Gosto demais das suas análises e formas como distingue um texto, pois penso como você. Suas palavras disseram exatamente o que quis passar.

    Xeros

    ResponderExcluir