segunda-feira, 30 de julho de 2012

Acompanhamento escolar - Reforço





Qual a importância do acompanhamento escolar?
Do reforço?


Para ser um bom aluno é preciso ter um planejamento e disciplina diariamente.
É preciso que os pais ou responsável acompanhe o aluno em suas atividades diárias, proporcionando um bom rendimento, mas isso tem que ser feito diariamente.


É sim preciso recorrer ao reforço, quando o aluno está com dificuldade.
Não é preciso esperar que ele fique em recuperação para procurar ajuda, daí entra o acompanhamento diário que vai ajudá-lo a não chegar nesse estremo.


É preciso também respeitar o tempo de cada um e entender que todos são diferentes.


Sabemos que educar não é uma tarefa tão fácil assim e que requer atenção e paciência.
Ao cobrar da criança e do adolescente boas notas é necessário entender o quanto você ajudou no rendimento dele, e conhecer o seu limite.


Quanto aos castigos por notas baixas, acho que não seja algo que resolva, pode até resolver em alguns casos, mas o mais importante é buscar o por que das notas baixas e recuperar esse aluno, começando por um bom diálogo.


A cobrança tem que ser diária e é preciso pacientemente acompanhar todas as suas atividades, ajudando se necessário   e/ou buscando ajuda de um reforço.


Nesse site do G1 Pernambuco, programa Globo Comunidade Pernambuco de ontem, um ótimo bate papo sobre esse assunto.


Imagem desse post retirado do Google

45 comentários:

  1. Muito bom o post Karlinha!
    É importante mesmo os nossos filhos serem acompanhados dia a dia.
    Aqui em casa criamos uma rotina.Todo os dias(durante a semana as 13hs sentamos eu e Matheus para fazer a lição de casa).Como ele ainda está no 1ºano não tem necessidade de reforço,mas sempre que dá puxo ele para uma brincadeira que se relacione com a escola.
    É importante alertar os pais mesmo para que não deixem a situação chegar num caos para que o aluno tenha aulas de reforço,pois já passei por isso e é desesperador tentar correr atrás da nota máxima para conseguir passar de ano na escola.
    Beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A rotina, o hábito e o planejamento devem andar juntos com a paciência e atenção.

      Excluir
  2. Seu post é tão providencial para mim...Como sofro com estas tarefas .
    meu beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sofra amiga, apenas tome uma atitude.
      Tudo tem solução.

      Excluir
  3. E como é importante para os pais serem hábeis para reconhecer quando a criança começa com um problema pequeno que poderá se tornar grande e já iniciar com um reforço. A professora reconhece facilmente, mas os pais também devem ter sensibilidade e iniciarem um reforço parabéns, dona Ana Karla! Grande abraço, minha flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Dona MaLu, os docentes tem facilidade em reconhecer a falta de seus alunos, mas poucos o fazem diferente.
      O melhor mesmo são os pais observarem, ou pelo menos conversarem com os professores e pedir opinião.

      Excluir
  4. Quando a criança tem a supervisão das atividades diárias ela quase nem precisa estudar para as provas, pois tem a matéria em dia. É engraçado ver pais recorrendo ao reforço no final do ano, depois de várias notas vermelhas, querem que a professora faça o milagre de uma nota máxima para salvar ano! O seu post está muito bom e esclarecedor! Bjks Tetê - Livre Pensamento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Tetê, matéria em dia é o principal.
      Obrigada

      Excluir
  5. OI Ana Karla!
    O acompanhamento e a atenção são fundamentais. Estas suas recomendações são sempre pertinentes. Pena nem todos estarem atentos.
    Parabéns menina, tudo de bom para você! Que seus sonhos se realizem nesta nova etapa da sua vida. Seja feliz!
    beijinhos e uma super semana!

    ResponderExcluir
  6. Otimo tema obordado!
    Se os pais tiverem essa consciência de um acompanhamento
    com disciplina e amor para com as tarefas, a criança não necessitaria do reforço...O que sinto é que alguns pais,
    (não sei se pela correria,descuido e outros) acabam terceirizando seus filhos. Precisa muita conversação e debate entre Escola/Família.
    Abraços! Uma semana iluminada pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que os pais estão sem tempo e muito menos paciência para fazer esse trabalho com seus filhos, por isso que ainda acho que recorrer ao reforço é uma boa saída, mesmo que os alunos fiquem um pouco dependente, mas é melhor dependente de estudo do que de vídeo game, internet...
      Xeros

      Excluir
  7. Oiee!!
    ótimo post, tive uma fase em que fiz reforço e que realmente ajudou muito,acredito que para uma boa maioria o bicho papão de muitas crianças seja a matemática...mas depois que se familiariza com as regras,tudo segue seu rumo sem dramas,principalmente quando os pais estão participando ativamente deste processo.
    bjs e boa semana....vamos marcar sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente Teresoca.
      Bom exemplo esse seu.
      O reforço é bom e disciplina e depois o aluno caminha com as próprias pernas.
      Xeros

      Excluir
  8. É como em segurança,uma eterna vigilancia Ana.
    Belo artigo.
    E parabens para voce minha amiga.
    Muita paz e carinho de todos.
    Uma bela semana de paz e luz.
    Meu terno abraço.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  9. Olá Ana Karla,

    O acompanhamento é fundamental. O reforço, quando necessário, deve chegar em tempo hábil e não na reta final. Pais atentos colaboram, em muito, para o sucesso escolar dos filhos.

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Vera, o reforço tem que ser em tempo hábil e não aos 45 do segundo tempo.

      Excluir
  10. Ana Karla,

    E como tem que ser cobrado. Isso é tarefa dos país. Criança é criança, e por mais que goste de estudar e seja dedicado, tem que ter um acompanhamento diário.

    O resultado disso, vem com o tempo.

    Muito bom esse tema abordado.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lucinha.
      A cobrança tem que ser dos pais, sem dúvida.

      Excluir
  11. O diálogo entre os pais e a escola é fundamental, pois cada criança ou adolescente, com vc ressaltou tem seus proprios limites.
    Mas considero fundamental que a criança não fique dependente de outros e possa encontrar sua forma de estudar e ter responsabilidade.
    Na terapia de família, os pais trazem questões dos filhos sobre aprendizagem e suas dificuldades para enfrentá-las.
    No Congresso houve uma palestra sobre experiência na orientação de Regras para pais muito interessante.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A criança precisa mesmo de ter o hábito de estudar sozinha, ter as suas responsabilidades e pais, apenas cobrarem tudo que o filho é capaz.
      Gostaria de participar de um congresso desse, tudo haver comigo.

      Excluir
  12. Obrigada pela sua visitinha, amo qdo vc comenta no meu cantinho
    Esse post ficou nota 10. Amei
    bjs
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. excelente post sobre um assunto recorrente e que parece sem solução. mts pais estão sem tempo pra nada deixando a criança se virar na escola, mais professores sem estimulo. vejo mt criança que não gosta da escola. pais deveriam participar das reuniões nas escolas.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mínimo que os pais podem fazer é ir as reuniões escolares, pois são nessas reuniões onde aprendemos mais a orientar nossos filhos e ver a realidade deles e saber se os mesmos precisam de ajuda.

      Excluir
  14. Olá, querida Karla
    Ultimamente os pais não têm o tempo hábil para estimular seus filhos e deixam tudo por conta da escola... e dos meninos... nem sempre todos se saem bem...
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escola tem a obrigação de alertar os pais, cobrarem também dos alunos, mas a responsabilidade mesmo são dos pais.
      Obrigada

      Excluir
  15. Realmente o que falat nas escolas é respeitar o tempo de cada um, deveria haver mais atenção individual para as crianças, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Lisette, atenção na escola é o que está faltando e cada dia mais.

      Excluir
  16. Oi Aninha,

    o seu post foi muito esclarecedor para mim. estou aqui num dilema se coloco meu filho no reforço ou não.
    valeu!!!!

    Beijos

    Leila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Leila, então se ajudei a intenção era essa mesma.
      Xeros

      Excluir
  17. Amei o post.
    Uma linda semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. OI ANA!
    ESTE ACOMPANHAMENTO DIÁRIO ESTA SE TORNANDO DIFÍCIL, PAIS QUE TRABALHAM FORA DIAS INTEIROS E SÓ A NOITE TEM ESTE "TEMPO" PARA DAR ATENÇÃO AOS ESTUDOS DOS FILHOS E MAIS A TODO O RESTO QUE ENVOLVE UMA FAMÍLIA COM FILHOS.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zilane, essa cobrança a noite, depois de um dia inteiro de atividades não é interessante, pois ambas as partes já estão cansadas.
      O ideal é durante o dia, em um horário estipulado.

      Excluir
  19. Nossa que aula você deu aqui hein, para os lógico...ótima reflexão do cuidar, principalmente do aprendizado de nossos filhos, parabéns pela postagem...xeros de alegria para você...

    ResponderExcluir
  20. Ana Karla,um excelente post!O reforco escolar e muito importante!Esse acompanhamento pode fazer toda diferenca!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  21. Eu sempre amei, Ana, acompanhar a minha filha nos estudos, mas atualmente ela está com um problema tão grande que espero, em breve, poder "acertar" o rumo da vida academica dela.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym, desejo que tudo seja resolvido da melhor maneira.

      Excluir
  22. Oi Karla,
    você tocou num ponto de extrema importância:
    «É preciso também respeitar o tempo de cada um e entender que todos são diferentes.»

    Acho incrivel quando certos pais instigam à competição escolar. O que se deve promover é a cooperação escolar em paralelo com a cooperação familiar.
    Bom tema!
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A competição escolar, no futuro vai deixar a criança com medo e cheio de diferenças fazendo com que esta mesma fique sem estímulo.
      Obrigada Rute pela colaboração.

      Excluir
  23. Aninha
    o reforço muitas vezes é visto como algo negativo, do tipo: se faz reforço é porque é burro, não aprendeu.
    Muitas crianças sentem vergonha dos colegas quando precisam frequentar aulas de reforço na escola ou fora dela.
    Isso muitas vezes é reforçado pelos próprios pais que alimentam este sentimento de inferioridade na criança.
    O reforço é necessário e importante para os alunos, com ou sem problemas de aprendizagem, porque ajuda na fixação do conteudo.
    O que você acha?
    bjs.

    ResponderExcluir