terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Coincidência?

Meu marido tem um colega de trabalho que mora em Paulista-PE. A esposa dele estava saindo com o carro da garagem, quando dois assaltantes roubaram o carro.
Ele deu queixa na polícia, fez todo o procedimento necessário.
O carro estava sim assegurado.
No dia seguinte, meu marido ficou sabendo, pelo seu colega, que seu carro foi encontrado, ele disse que tinha sido em Olinda, e disse o nome da rua.
Na rua da minha sogra. 
Pior, em frente a casa dela.
Os assaltantes largaram o carro lá e pra azar da vizinha da frente, que nesse momento saía da garagem com seu carro, esses mesmos assaltantes roubaram ela, levando seu carro.


É coincidência?
Ou o que?
Nunca na minha vida, tinha visto uma coincidência dessas.


Que mundo é esse que não se pode nem sair, nem chegar em casa em paz?
Temos que ter atenção em todos os momentos que estamos na rua.
Na rua só não, em casa também, pois os ladrões podem vir te roubar.





24 comentários:

  1. poxa, que história absurda! ou é coincidência ou estão de olho em todos, conhecem as pessoas?

    eu entendo o seu relato, em São Paulo eu vivia nesse clima, é horrivel. Aqui no Japão acostumei tanto a não ter medo, que até lembro como vivia em SP e me admiro... aqui a gente nem tranca o carro qdo sai de compras, pra não ter trabalho de abrir o carro p guardar compra e em casa só tem uma chavinha de nada...

    não tá certo isso, ninguém merece viver assim não. as autoridades tem que olhar pra essa questao da violencia.

    desculpa desabafar aqui...

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente a coisa tá assim.Aqui em P.Alegre tá danado...Segurança? Nem pensar!!!Mas os salários DELES estão garantidos...beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente o Brasil, e muito especialmente Recife e Olinda, tem muito dessas coisas. É uma pena porque não há igual no mundo a um brasileiro honesto: alegria e hospitalidade!!! Saudades...apesar de tudo!!!

    Jorge

    ResponderExcluir
  4. è horrível viver assim, desconfiando de tudo e todos. ter que sair vigiando se estamos sendo "seguidos, vigiados, etc".
    Eu ainda moro em um lugar mais sossegado, mas já teve umas ondas de assalto. Mas nego conhecido, que sabia horarios que as pessoas saiam e chegavam em casa.
    Muito criativa a faixa. Mas brincadeira a parte, sofremos com essa situação.

    ResponderExcluir
  5. Ola,Ana.
    Que estoria bizonha e absurda,alem de ter todas essas coincidencias.Ah,e mesmo terrivel termos que andar sempre sobressaltados e vendo em cada pessoa que cruzamos nas ruas como um potencial inimigo e agressor,muito trite.A ironia do dono dessa casa deveria ser um tapa na cara das autoridades policiais,para que nao relaxem no zelo com a populaçao.Grande beijo e um xero.
    zenaide storino.

    ResponderExcluir
  6. O recadinho na casa parece um pagamento de resgate pelo roubo, que coisa!! E muita coincidência pararem em frente da casa da sua sogra. Ainda bem que sua sogra não saiu, já pensou a coincidência maior? Pareceria coisa encomendada! (rs*) Beijus,

    ResponderExcluir
  7. Q coisa doida Aninha!! aqui em sampa isso é rotina, infelizmente...ontem via uma reportagem q falava da Bahia, e lá a população está amedrontada tb!!
    só pode ser fim dos tempos mesmo!!!
    bjobjo

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente Karla a coisa vai de mal a pior.
    É roubo, assalto, bandido solto e nós presos dentro de casa.
    Tive que rir da faixa. Coitado desse morador. É o cúmulo do absurdo.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  9. Eu saí de Porto Alegre para morar no interior, em parte por causa da segurança. Quando cheguei aqui, era comum as pessoas deixarem os carros com os vidros abertos, chaves na ignição e de brinde a carteira ou algum outro objeto de valor no painel. Hoje, 16 anos depois, isso mudou. A violência se espalhou como a metástase de um câncer social. É triste e a curto prazo parece sem solução.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ana que coincidência mesmo! agora desculpe, mas prestei atenção mesmo foi na faixa, muito interessante e o melhor, foi escrita num português corretíssimo, o que é difícil de ver hoje em dia,rsrsrs,

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana...
    Coincidência ou não
    A verdade é que no mundo tem muito ladrão
    E todos nós, pessoas amáveis e afáveis
    Estaremos sempre vulneráveis
    A essa triste situação.

    Tá vendo, fiz até um poeminha pro momento
    Mas isso não é brincadeira, lamento

    E vou parar / pra não mais rimar

    Já tô de bobeira / Meu Deus, quanta asneira

    Um abração no coração
    Por favor, rima de novo NÃÃÃOOOO!!!!!

    Fuiiiii, aaaahhhhhfffffff!!!

    ResponderExcluir
  12. Isso me fez lembrar de um programa "Passagem para", feito num país da América Central. Uma brasileira que vive lá, assim como todos os moradores, nem trancam as portas. Os vizinhos, todos amigos, entram nas casas uns dos outros, deixam bolos, coisas assim.
    Não precisamos de tanto, mas o mínimo de dignidade (trabalho, salário, saúde) reduziria bastante o impulso por tomar coisas alheias...
    Hoje ouvi o seguinte comentário: o brasileiro tem deficit de indignação, de ir para as ruas protestar pelas coisas que discorda, mas reclama só entre quatro paredes.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Ana,
    nem vou falar do ocorrido....
    A faixa, apesar do humor, me deixa triste. Pois fico imaginando quantas vezes essa pessoa foi roubada!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  14. Nossa Karla, que coincidencia horroroza heim?

    Preciso muito cuidado mesmo.

    Beijos


    Ah hj postei umas frutas que fiz, deixo o link e conto com seu comentário.

    http://www.joanacampos.com/2011/02/uvas-fofurices.html

    tiesperooooo!

    ResponderExcluir
  15. COINCIDENCIA DEMAIS NÉ ANA?SOU TÃO DESACREDITADA DE CONCIDENCIAS MAS ELAS ACONTECEM...E COMO!!MAS OLHA A PLACA DO POST EU VOU MANDAR FAZER UMA E COLOCAR EM CASA.SRSRSR E NOS CARROS DE CASA TAMBEM....POR QUE AQUI ROUBAM CARROS E MUITOS SRSRSR MELHOR QUE OFEREÇAM A NOS MESMOS SRSRS SRSRSRS SRSRSR MAIS FACIL DE RESOLVER SRSRS SRSRSRSR ..AMEI O POST...SERIA CÔMICO SE NÃO FOSSE TÃO TRAGICO E VERDADEIRO NÉ?
    BEIJOS


    PS...A CIDADE DA MINHA VÓ É AGUAS BELAS SIM!!O NOME DA TRIBO MINHA MÃE NÃO SE LEMBRA MAIS....]]
    MAS A CIDADE EU ME LEMBRO MUITO MINHA AVÓ FALANDO..TAMBEM TENHO PARENTES EM IATI,JUAZEIRO DO NORTE....A FAMILIA DE MINHA MÃE É DE LA....MENDES DA COSTA.... DO MEU PAI JA É BOM CONSELHO DE PAPACAÇA ..LINS QUEIROZ E TINHA TAMBEM ALBUQUERQUE MAS NÓS SO TINHAMOS O LINS DE QUEIROZ...

    BEIJOS QUERIDA


    OTILIA

    ResponderExcluir
  16. Olá filhota.
    Está mesmo uma loucura e agora no interior , já é igual, guardando as proporções.
    Bom mesmo foi a faixa, rsrsrs.
    Beijos.
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  17. Oi,Ana!Td bem?Nossa eu não ei mais o uqe falta acontecer a ideia da faixa foi ótima,tem que pedir pro ladrão revender de volta mesmo,eles vender pq qualquer trocado memso.Isso tudo é culpa da incerteza da impunidade isso incentiva o roubo e tudo mais.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  18. É amiga a coisa tá feia...
    Coincidência ou não essa bandidagem não dorme em serviço.
    Nós somos de Porto Alegre,mas moramos no interior do RS vai fazer 5 anos.E confesso que toda vez que vou a Capital fico insegura o tempo todo.
    O medo nos assombra,quando estamos lá...devido aos fatos que vivem acontecendo.
    Nos dias de hoje só Deus mesmo para nos guardar e nos trazer de volta a nossa casa em segurança.
    Beijos,
    Danny e Matheus

    ResponderExcluir
  19. Ana Karla, a coisa tá preta e pegando em todo o país. Precisamos urgente de mudanças nas leis e mais dureza ao cumprir a lei.
    Esta faixa, podes não acreditar, mas é o que está ocorrendo faz tempo no Rio de Janeiro, ou seja, roubam o carro, geralmente com ajuda e cobertura de policiais, depois conseguem um contato com a pessoa roubada e tentam fazer dinheiro com o roubo. Acredite se quiser, mas já ouvi um caso assim por aqui.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  20. Ai nem me fala, isso dá nojo neh??Menina a caneca e do Homero mesmo, minha cunhada q fez, imitando lógico...obrigada pela visita, mas vc ja foi la participar do sortei neh??

    Gostei do seu canto, bastante informação "inteligente" adorooo

    Beijokas

    fERNANDA

    ResponderExcluir
  21. Olá Ana Karla, é um absurdo.Já ninguém pode viver seguro e em paz em lado nenhum.Aqui em Portugal também há assaltos a torto e a direito.Felizmente nunca fui assaltada nem a minha família.A polícia devia estar mais atenta a estes casos e devia de haver mais policiamento nas ruas.Beijocas.

    ResponderExcluir
  22. Lamentáveis coincidências mesmo...
    Doce dia...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  23. Pois é minha gente, essas coincidências eu dispenso totalmente.
    Mas a violência, seja aqui ou em qualquer lugar do nosso País, está nos consumindo e nos deixando cada vez mais, ilhados. Ilhados em medos, sustos, pavor, acidentes, mortes.
    Penso em tanta coisa para justificar, mas não consigo chegar a um "denominador comum" que justifique tudo isso.
    A que ponto já chegamos e caminhamos para muito mais.
    Que serão dos meus filhos, netos, bisnetos...
    Eles terão vez aqui?
    Coitados, já estão vindo ao mundo achando que tudo isso é o natural da vida.
    Mas será mesmo?
    Falamos, falamos mas não podemos solucionar sozinhos. Nem mesmo em conjunto.

    ResponderExcluir