terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Escolha da escola




Falando em escolher a escola para o filho, a primeira orientação é saber o que eu(mãe) quero e o que o meu filho necessita.
Em seguida é como eu quero criar meu filho.

A partir daí é que saberemos qual escola escolher, sabendo que não vamos achar a escola ideal. 
Não existe.
Os profissionais podem ser bons, mas a didática não corresponder.
O material pode ser bom, mas o professor não sabe usar.
O espaço é agradável, mas há superlotação.
Enfim, temos uma série de pré-requisitos a serem vistos antes de escolher a "escola para meu filho".

Essa escolha é muito complexa, mas se partir do que "eu" quero, o que "eu" posso e o que "eu" aceito, então vai ficar um pouco mais fácil.
Mas leve em consideração que a questão é a escolha para o filho e não para si.


Indico o link abaixo, onde há critérios para escolher a escola do seu filho por profissionais qualificados e experientes de 2009, mas atual. 

Educar para Crescer

39 comentários:

  1. Uma hora tri importante e já passei por ela com filhos e hoje já escolhi com netos.É difícil, cada vez mais, posso dizer! bjs,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Importante saber pra quem vai ser a escola.
      Cada um com seu tempo.
      Xerocas

      Excluir
  2. É importante analisar bem , sempre pensando que a escolha é para o filho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. bem colocadas as razões para escolha da melhor Escola, hoje a minha preocupação é escolher para os netos, o tempo deles não é o da minha filha mais velha nem do meu enteado lidamos com novos valores,novas formas de aprendizado,mas com as mesmas restrições explicitadas por você , enfim o educador não evoluiu muito, o despreparo frente ao mundo atual ainda é grande , a nossa escola ainda se deixa reger por informações estanques e descontextualizadas,salvo raras exceções, e ainda a falta de contexto social e cristão no ensino.Abração Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Importante saber que e escolha certa não existe, mas saber se a criança está para o perfil da escola escolhida.
      Xeros

      Excluir
  4. Olá, querida karla
    É uma hora difícil pois ficamos sabendo de tanta coisa ruim que temos muito medo de errar na escolha...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ro, mas com cautela e conhecendo o perfil da criança não é tão difícil assim.
      Xeros

      Excluir
  5. Estou satisfeita com a escola que Rubens estuda , e não pretendo mudar , a escolha foi fácil porque sempre percebia o método de ensino , o ambiente e a história da escola.
    Ps: fui ler o artigo que me indicou , sem duvidas muito bom de ler. Grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom demais Yasmine, o bom é que existe uma identificação por parte do Rubens, sem dúvida.
      Xeros

      Excluir
  6. Muito bom seu post Ana Karla, indiquei para algumas amigas que estão nesta fase de escolha. O link também é ótimo!

    Obrigada pelo post e pelo carinho de sempre no Palavras.

    Abraços

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana Karla
    Sempre morei numa cidade pequena, não tive muita escolha, deixando de lado as escolas públicas, somente duas particulares, eu optei pela mais próxima da minha casa, fazia tudo a pé, sem necessidade de carro. A escolha se mostrou muito acertada, minhas filhas ficaram nesta desde a educação infantil até o ensino fundamental, quando optaram por escola do Sebrae em horário integral.
    Mas você está certa não existe escola perfeita, ideal, sempre tem alguma coisinha que passa batido.
    Beijo pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escolha é sem dúvida relacionada a identificação do aluno com o espaço, o restante fica mais fácil.
      Xeros

      Excluir
  8. normalmente se opta pela perto de casa principalmente eu que trabalhava e não tinha carro nem outra pessoa pra levar o filho na escola, mas sei que o ideal é que a escolha seja feita com critério. adorei teu blog e já te sigo, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jeanne, eu agradeço sua presença.
      seja muito bem vinda.
      Xeros

      Excluir

  9. Ana Karla, otimas suas dicas, este papinho ajuda muito.
    Eu me lembro desta fase, havia muita duvida, o receio de escolher errado em muitos quesitos. Mas no final, escolhi a melhor possível e minha filha teve um excelente inicio de vida escolar.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando nossos filhos vão pela primeira vez a escola, é quase um "Deus nos acuda", mas não há motivo pra tanto.
      Cautela e identificação, dá certo.
      Xeros

      Excluir
  10. É mesmo uma situação complexa e as vezes chata mesma.
    Muitas vezes vai pela indicação, outras por nome,fama de escola, mas fica sempre a duvida da melhor escolha.
    Link interessante Ana.
    Lindo fim de semana com paz e alegria na familia.
    Meu terno abraço amiga.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma boa indicação, ajuda muito Toninho, mas será que é a mais indicada para a criança?
      Bato muito na tecla da identificação, algo que não existia a décadas atrás, mas tudo muda, não é mesmo?
      Xeros

      Excluir
  11. Oi, Aninha...
    Que bom seria se todos os pais pudessem escolher a escola pro filho...
    Que sua escolha e de tantos pais sejam as melhores possíveis e que os filhos tenham tudo que mereçam...

    Meus filhos estudaram em escola pública. Foi bom, mas não foi ótimo. Deixou muito a desejar, mas, graças a Deus, os dois já estão na Faculdade. Um orgulho de mãe que não tem tamanho!

    Uma ótima semana, querida!
    Beijos e xeros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clarinha, muitas vezes quem faz a escola é o aluno, nenhum se perde, só se quiser mesmo.
      Xerossss

      Excluir
  12. E ainda mais que hoje em dia está tudo tão diferente, né Karlinha?! ;)
    Beijo, beijooooo!
    She

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudou tudo She, hoje tem tudo isso de escolha de escola, espaço...
      Xeros

      Excluir
  13. Oi, Ana Karla!
    O ensino no Estado do Rio é caótico, assim como qualquer prestação de serviço à população. As escolhas passam por análises como a localização da escola, quem frequenta ou quem administra as aulas, assim como o espaço físico e a linha educacional aplicada. Todas as vezes que tive de escolher escola e trocar por motivos de mudança de cidade, fiz entrevistas com pessoas do meio social em que eu iria conviver. Não exito em tirar meu filho de uma escola, se vejo que os alunos frequentadores não são de boa indole, afinal, será o segundo ambiente de convivência de um ser em formação.
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima essa visão, Luma. Ver na comunidade, na redondeza o que as pessoas acham da escola. Uma boa forma de ter pelo menos uma direção.
      Xeros

      Excluir
  14. Oi quanto tempo (blog)! Ainda bem que vejo você no face...! rs É um processo: escolher a escola, analisar o matéria didático e acompanhar o andamento das aulas e atividades propostas pelos professores. Vai que no meio do caminho surja uma surpresa desagradável? Às vezes a escola é agradável no começo depois começam a aparecer problemas... enfim. Bjão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Edilma, as vezes muitas escolhas se tornam frustantes.
      Mas com calma e atenção se consegue.
      Xeros

      Excluir
  15. Oi Ana Karla:)

    Meu filho acaba este ano o secundário e depois vai decidir o que vai fazer. Eu sempre me preocupei em escolher boas escolas mas nem sempre foi fácil mas penso que até tivemos sorte. É muito complicado escolher uma boa escola e além de ser preciso procurar bem por vezes a boa educação nem sempre depende da escola.
    Adorei o post - muito elucidativo:)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Olá Ana,

    Muito bom o link indicado. Repassei para a minha sobrinha, que tem filhos nesta fase. A esta altura, eles já estão frequentando a nova escola, mas é sempre bom conhecer mais sobre o assunto.
    Ótima postagem.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei por esse dilema rsrsrs e difícil mesmo
      bjs

      Excluir
    2. Essas indicações tem que ser logo no início mesmo, Verinha.


      Lidia, ainda estou nessa fase e sou muito procurada para opinar nesse assunto devido a profissão.
      Mas não é nada assustador.
      Com tranquilidade tudo dá certo.
      Xeros

      Excluir
  17. Oiee lindona....dica valiosa para os pais de primeira, vc melhor do que ninguém sabe como passar por td isto, e compartilhar sempre é super válido....bjkss e boa semana!!

    ResponderExcluir
  18. Oi,Ana!Com certeza essa não é uma escolha fácil,mas também acho que a educação não pode ficar só a cargo da escola, os pais tem que acompanhar o dia a dia dos filhos, tem muita gente que acha só pq paga escola particular não precisa se preocupara com mais nada,e sabemos que não é bem assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo contrário, tem que se preocupar sim.
      A escolha certa não existe, mas após a decisão, tem que ficar atenta para a adaptação.

      Excluir
  19. Excelente dica, pois realmente é fundamental esta escolha.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir